Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Diego Costa e Gabriel Paulista acusados de conduta violenta após Chelsea-Arsenal

Os dois clubes foram ainda acusados de falhar no controlo dos seus jogadores.
21 de Setembro de 2015 às 18:32
Os futebolistas Diego Costa e Gabriel Paulista
Os futebolistas Diego Costa e Gabriel Paulista FOTO: Reuters

Os futebolistas do Chelsea Diego Costa e do Arsenal Gabriel foram acusados de alegada conduta violenta após incidentes durante o jogo deste fim de semana entre as duas formações, que a equipa de José Mourinho venceu por 2-0.

De acordo com a Associação de Futebol inglesa, o atacante Diego Costa foi acusado de alegadamente ter atingido com o braço o jogador do Arsenal Laurent Koscielny, enquanto o defesa brasileiro do Arsenal Gabriel Paulista foi sancionado pela sua reação depois de ter sido expulso por acumulação de amarelos no final da primeira parte.

"Diego Costa foi acusado por um alegado ato de violência que não foi visto pela equipa de arbitragem, mas foi registada em vídeo", refere a Associação de Futebol numa nota publicada na sua página na Internet.

O jogador do Chelsea, que tem até ao final da tarde de terça-feira para responder à acusação, arrisca uma suspensão de três dias.

O médio espanhol do Arsenal Santi Cazorla, também expulso da partida por acumulação de amarelos, também foi admoestado pelo seu comportamento após a sanção.

Os dois clubes foram ainda acusados de falhar no controlo dos seus jogadores.

O Chelsea venceu a partida por 2-0, subindo ao 15.º lugar, depois de um mau arranque de temporada.

Arsenal Gabriel José Mourinho Chelsea Diego Costa futebol Chelsea
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)