Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Diretor desportivo envergonhado com exibição do União

Derrota por 6-o em Paços de Ferreira.
13 de Dezembro de 2015 às 15:28
O União da Madeira sofreu uma pesada derrota em Paços de Ferreira
O União da Madeira sofreu uma pesada derrota em Paços de Ferreira FOTO: Estela Silva/Lusa

O diretor desportivo do União da Madeira, Edgar Rodrigues, mostrou-se este domingo "extremamente envergonhado" com a goleada (6-0) sofrida em Paços de Ferreira e espera uma reação na receção de terça-feira ao Benfica, num jogo em atraso relativo à 7.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.


Após o presidente do União da Madeira, Filipe Silva, ter decretado "tolerância zero" no sábado, após o jogo em Paços de Ferreira, relativo à 13.ª jornada da I Liga, Edgar Rodrigues disse que todos estão "extremamente envergonhados com o que se passou com o Paços de Ferreira, que foi uma coisa inadmissível", sublinhando que os acontecimentos estão a ser "analisados internamente".


Quanto às palavras do presidente do clube, nas quais apontava o dedo à sua equipa técnica e aos jogadores, dizendo que "houve falta de profissionalismo de todos os setores", Edgar Rodrigues referiu: "Não podíamos deixar de expressar a nossa vergonha e a nossa indignação pelo que se passou em Paços de Ferreira."


O desfecho do jogo de sábado igualou a pior derrota da história do União da Madeira na I Liga, um 6-0 com o Benfica, no Estádio da Luz, na temporada 1991/1992.


O diretor desportivo da equipa madeirense informou que "até ao jogo com o Sporting, não serão proferidas quaisquer declarações, quer por parte da equipa técnica, quer por parte dos jogadores", numa medida que visa "proteger o trabalho a desenvolver para os jogos com o Benfica e o Sporting".

União da Madeira Paços de Ferreira Edgar Rodrigues
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)