Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Donos americanos do Liverpool ponderam vender clube

O Fenway Sports Group (FSG) comprou o Liverpool em 2010.
Jornal de Negócios 8 de Novembro de 2022 às 09:42
O Fenway Sports Group (FSG), grupo norte-americano que controla o Liverpool FC, está a ponderar vender o histórico clube inglês, ou pelo menos parte do capital, avança esta segunda-feira o site The Athletic.

A notícia surge no mesmo dia em que os rivais Manchester City apresentaram resultados com vários recordes: o clube onde jogam os portugueses Bernardo Silva, Ruben Dias e João Cancelo faturou 613 milhões de libras (700 milhões de euros ao câmbio atual) - o segundo valor mais elevado de sempre na história da "Premier League"; o primeiro plantel avaliado em mais de mil milhões de libras (1.142 milhões de euros) e um lucro de 41,7 milhões de libras (47,6 milhões de euros), o mais alto na história do emblema.

Em resposta à notícia sobre a venda do clube de Anfield Road, o FSG, liderado por John Henry, emitiu um comunicado em que assinala que "têm havido várias mudanças de propriedade e rumores sobre mudanças de propriedade em clubes da 'Premier League' e, inevitavelmente, somos questionado sobre o Liverpool".

"O FSG recebe frequentemente manifestações de interesse de terceiros que pretendem ser acionistas no Liverpool. Já dissemos antes que perante os termos e condições certos iríamos considerar a entrada de novos acionistas se isso for no melhor interesse do Liverpool enquanto clube".

"Continuamos totalmente comprometidos com o sucesso do Liverpool, dentro e fora de campo", conclui.

Liverpool Fenway Sports Group FSG Liverpool FC Premier League desporto futebol
Ver comentários
C-Studio