Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Dortmund derrota Bayern e está na final da Taça

Equipa de Thomas Tuchel chega pela quarta vez seguida ao jogo decisivo.
26 de Abril de 2017 às 23:11
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
A festa dos jogadores do Borussia Dortmund
O Borussia Dortmund qualificou-se esta quarta-feira, pela quarta vez consecutiva, para a final da Taça da Alemanha em futebol ao derrotar por 3-2 o rival Bayern Munique, ao virar na segunda parte um resultado desfavorável ao intervalo.

A equipa de Dortmund abriu o marcador aos 19 minutos, por Marco Reus, na sequência de um atraso 'suicida' do espanhol Javi Martinez para o seu guarda-redes, que o internacional português Raphael Guerreiro intercetou para rematar ao poste, propiciando ao alemão a recarga vitoriosa.

Esse golo do Borussia até premiava a entrada forte da equipa no jogo, entrando a pressionar alto e a forçar a defesa bávara a cometer erros, um dos quais quase aproveitado por Pierre-Emerick Aubameyang.

Apesar de sentir dificuldades para criar situações de perigo na área do Borussia, a equipa treinada pelo italiano Carlo Ancelotti chegou ao empate aos 28 minutos, por Javi Martinez, de cabeça, após um pontapé de canto, redimindo-se do erro do primeiro golo da partida.

O Bayern virou o resultado ainda antes do intervalo, aos 41 minutos, pelo central Mats Hummels, que surgiu em posição frontal à baliza do guarda-redes suíço Roman Burki, a rematar a para o fundo das redes após uma incursão do veterano francês Franck Ribéry pelo flanco esquerdo, seguido de um passe para o interior da área.

Na segunda parte, o Borussia deu a volta ao resultado no espaço de cinco minutos, com golos de Aubameyang, aos 69 minutos, e do francês Ousmane Dembelé, aos 74, o primeiro na sequência de um cruzamento deste para o segundo poste, onde surgiu o avançado gabonês a finalizar de cabeça, o segundo numa jogada que voltou a ter uma intervenção decisiva do internacional português Raphael Guerreiro.

Raphael Guerreio roubou uma bola a meio-campo a Philipp Lahm e deu início a um lance de contra-ataque que seria concluído com um remate de Dembelé à base da barra, depois do português ter cruzado para o interior da área, onde surgiu Marco Reus a ceder a bola para o francês dar a vitória ao Borussia.

Com este triunfo, o Borussia obtém o apuramento para a sua quarta final da Taça da Alemanha consecutiva, depois de ter perdido as outras três, duas delas para o Bayern e uma para o Wolfsburgo, enquanto a equipa bávara interrompeu uma sequência na prova de 27 jogos consecutivos sem derrotas.
Ver comentários