Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Éder Militão do FC Porto para o Real Madrid por 50 milhões de euros

É a quantia mais alta alguma vez comunicada por um clube português à CMVM.
Daniel Lopes Monteiro 15 de Março de 2019 às 01:30
Hélder Militão custou 7 milhões ao FC Porto (90% do passe)
Éder Militão em jogo do FC Porto
Éder Militão
Hélder Militão custou 7 milhões ao FC Porto (90% do passe)
Éder Militão em jogo do FC Porto
Éder Militão
Hélder Militão custou 7 milhões ao FC Porto (90% do passe)
Éder Militão em jogo do FC Porto
Éder Militão
Éder Militão, de 21 anos, vai mesmo reforçar o Real Madrid. O FC Porto e o clube espanhol anunciaram ter chegado a acordo para a transferência do defesa brasileiro pelo valor da cláusula de rescisão: 50 milhões de euros. O defesa assinou um contrato válido por seis anos e chega a Madrid no fim da época.

Os dragões vão encaixar uma verba na ordem dos 45 milhões de euros por um jogador contratado no início da época por 7 milhões ao São Paulo. Os campeões nacionais não vão encaixar o valor da cláusula de rescisão na totalidade, pois detêm 90 por cento dos seus direitos económicos, com os restantes 10 por cento a pertencerem ao clube brasileiro.

Esta transação tem contornos históricos. Os 50 milhões de euros pagos pelo Real Madrid ao FC Porto são o valor mais elevado alguma vez comunicado por um clube português à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Militão torna-se também no central mais caro da história dos merengues, superando Pepe que custou 30 milhões em 2007.

Entretanto, esta sexta-feira (11h00) realizam-se os sorteios dos quartos de final e das meias-finais da Champions. Oito equipas ficam a conhecer o caminho até à final de 1 de junho, no Wanda Metropolitano (Madrid). Ao FC Porto sairá como adversário uma destas equipas: Ajax, Man. United, Man. City, Liverpool, Tottenham, Barcelona ou Juventus.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)