Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Equipas da I e II Liga de futebol terão de realizar testes antigénio 48 horas antes de cada jogo

Leia o comunicado da Liga.
Record 1 de Dezembro de 2021 às 17:46
Testes à Covid-19
Testes à Covid-19
A Liga Portugal confirmou esta tarde, em comunicado, a notícia adiantada em primeira mão por Record, dando conta que a partir de agora os clubes dos escalões profissionais estão obrigados a realizar testes antigénio 48 horas antes de cada jogo. No mesmo comunicado, publicado após a reunião de hoje com os clubes, a Liga anuncia ainda que volta "a ter caráter obrigatório a utilização permanente de máscara por parte de todos os elementos no banco de suplentes, com exceção do treinador principal".
Por outro lado, a Liga Portugal dá a possibilidade aos clubes de "independentemente da lotação do seu estádio, limitar a emissão de bilhetes ao máximo de 5000 espectadores, desde que sejam respeitados integralmente todos compromissos regulamentares associados à bilhética." Lembre-se que, como previamente noticiado, será necessária a "apresentação de certificado de teste ou certificado de recuperação ou de teste negativo" em recintos com lotação acima de 5000 espectadores.

Leia o comunicado na íntegra:

"Liga informou Clubes, em reunião realizada esta tarde, das alterações à norma 036/2020 no que diz respeito ao regresso do estado de calamidade

A Liga Portugal reuniu esta tarde com os departamentos de futebol e departamentos médicos, a fim de dar a conhecer as alterações à norma 036/2020 que obriga a um reajuste nos procedimentos de trabalho, no âmbito do combate à COVID-19, após indicações dadas pela Direção-Geral da Saúde em estreita colaboração com a Liga Portugal.

Estas medidas de antecipação impõem o regresso da testagem semanal obrigatória, com testes antigénio, nas 48 horas antes de cada jogo.

Com o regresso do estado de calamidade, foi consensualizado na reunião a necessidade de reforço das medidas e procedimentos em contexto de treino, estágio e jogo, voltando a ter caráter obrigatório a utilização permanente de máscara por parte de todos os elementos no banco de suplentes, com exceção do treinador principal.

As Sociedades Desportivas poderão dispor da possibilidade de, independentemente da lotação do seu estádio, limitar a emissão de bilhetes ao máximo de 5000 espectadores, desde que sejam respeitados integralmente todos compromissos regulamentares associados à bilhética.

Como previamente noticiado, acima da lotação de 5000 espectadores, passa a ser obrigatório a apresentação de certificado de teste ou certificado de recuperação ou de teste negativo, devidamente comprovado por entidade competente."
Liga Portugal Record desporto futebol testes antigénio jogadores equipas pandemia doenças contagiosas
Ver comentários