Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Erros de defesa irritam Jesus

Fraco desempenho dos laterais força ida ao mercado. Elias compensa mal quando Adrien sai.
Mário Pereira 3 de Outubro de 2016 às 08:28
Sporting, Jorge Jesus, Madrid, Estoril, Varsóvia, Guimarães, desporto, futebol
Sporting, Jorge Jesus, Madrid, Estoril, Varsóvia, Guimarães, desporto, futebol FOTO: Hugo Delgado/Lusa
Os sucessivos erros defensivos da equipa do Sporting nos últimos encontros estão a deixar o treinador Jorge Jesus à beira de um ataque de nervos. O técnico leonino disse há dias, numa conferência de imprensa, que as equipas por si treinadas são habitualmente as mais fortes na defesa e as que sofrem menos golos, nas competições internas, mas os números das partidas mais recentes dos leões desmentem essa tese: dez golos encaixados em cinco jogos realizados no espaço de duas semanas e meia.

A lista é esta: Real Madrid (derrota 2-1); Rio Ave (derrota (3-1); Estoril Praia (vitória 4-2); Légia Varsóvia (vitória 2-0) e V. Guimarães (empate 3-3). Um desempenho que se salda por duas derrotas e um empate no bloco de cinco jogos.

Segundo apurou o CM, Jorge Jesus já deu mostras do seu desagrado internamente. Mas irá fazê-lo de forma mais ativa nos próximos dias, em conversas com jogadores, de forma coletiva e individualizada.

Há aspetos, soube ainda o CM, que serão alvo de análise mais profunda. Desde logo a questão das laterais da defesa, que está a constituir-se numa enorme dor de cabeça para o treinador. Com mudanças sucessivas de jogo para jogo, Jesus não consegue estabilizar as faixas. João Pereira e Jefferson, titulares nas vitórias frente ao Estoril e Légia (dois jogos anteriores a Guimarães), saíram do onze para dar lugar a Schelotto e Zeegelaar. Gestão de plantel, apurou o CM, numa lógica que não está a dar frutos, pois as prestações têm sido, de forma geral, marcadas pela vulgaridade. O treinador desespera pela reabertura do mercado, em janeiro, para fazer reajustes nas laterais da defesa leonina.

Outro dado tem a ver com a descompensação do meio- -campo sempre que Adrien sai: em Madrid, com o Estoril e agora com o V. Guimarães o Sporting sofreu um total de sete golos após o capitão ser substituído, sempre por Elias.
Sporting Jorge Jesus Madrid Estoril Varsóvia Guimarães desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)