Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Covid arrasou o Benfica": Jorge Jesus quase se emocionou no regresso e diz que equipa está "a tempo de recuperar"

Treinador do Benfica disse que teve forma "agressiva" da doença e falou sobre como o coronavírus afetou o plantel.
Record 8 de Fevereiro de 2021 às 21:56
Jorge Jesus
Jorge Jesus FOTO: Lusa

Foi uma flash interview enérgica, a de Jorge Jesus, após o Benfica-Famalicão (2-0). O treinador, que voltou aos bancos depois de ter estado doente com Covid-19, falou dos estragos que o vírus fez na equipa.

"Não tem sido sido fácil, estive 15 dias sem ver os jogadores. Esta Covid arrasou o Benfica, e isto não e desculpa. Tirou a equipa técnica durante 3 semanas, a equipa médica... Dos 27 jogadores, só três (Chiquinho, Rafa e Samaris) é que não tiveram. Isto não é uma constipação. Eu, se tivesse que jogar, não jogava... Tive uma Covid agressiva. A equipa perdeu confiança mas felizmente não vamos ter mais problemas de Covid e recuperar a equipa. Temos dados bons sinais defensivos. A primeira meia hora foi muito boa. Tens 10 jogadores em casa, depois eles voltam e vão mais oito... isto tira confiança e competitividade. Eu não vejo os meus jogadores... parece uma equipa-fantasma! Mas vai passar. Se acreditarmos na Ciência vamos ficar imunes e treinar todos juntos, a ganhar níveis técnicos, táticos e teres 70 minutos de nível alto e não apenas meia hora", começou por dizer o treinador à BTV.

"Isto deixa sequelas. Não é desculpa, assumo as minhas responsabilidades. Agora médico não sou e sei o mal que isto tem feito à equipa. Mas estamos a tempo de recuperar. A partir de hoje deixamos de ter os jogadores doentes. Nenhum dos meus adversários teve e pode acontecer a eles. Nós sabemos o que sentimos naquela casa. Cinquenta pessoas foram infetadas. Se isto não tem influência num grupo, então não sei...", acrescentou Jesus, atirando: "vamos começar a 'cheirar-nos' uns aos outros."

Jorge Jesus Covid Benfica Benfica-Famalicão Covid-19 desporto futebol
Ver comentários