Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Estoril quis mais mas só deu empate

Chaves marcou primeiro, mas canarinhos reagiram no segundo tempo.
Filipe António Ferreira 2 de Outubro de 2022 às 10:18
Capitão estorilista Joãozinho corta a bola, quando Jonny Arriba se preparava para a receber
Capitão estorilista Joãozinho corta a bola, quando Jonny Arriba se preparava para a receber FOTO: PEDRO SARMENTO COSTA / lusa / epa
Chaves e Estoril empataram este sábado a uma bola, numa tarde de futebol animada e imprevisível em Trás-os-Montes.

A equipa da Linha começou melhor o encontro, mas a melhor chance para marcar surgiu apenas num castigo máximo. Ponck meteu mão à bola na área do D. Chaves e o árbitro assinalou penálti. Geraldes atirou ao poste e o lance perdeu-se.

A reação da equipa de Vítor Campelos surgiu ainda antes do intervalo e num lance de bola parada. Hector, no sítio certo, atirou para o golo dos da casa. O Estoril ainda teve boa oportunidade para igualar mas Paulo Vítor agigantou-se a remate de Rodrigo Martins.

O descanso fez bem ao Estoril que, através de Tiago Gouveia, teve uma boa ocasião. Logo a seguir foi a vez de Dani Figueira brilhar a remate do flaviense João Teixeira.

Nesta altura a toada era de parada e resposta. Rodrigo Martins voltou a estar perto do empate, mas atirou com a bola a passar perto do segundo poste.

Até que a justiça surgiu para o Estoril. Transição rápida , com a bola a sair do guarda-redes e a chegar rápido a Rodrigo Martins que, sobre a esquerda, rematou. A bola sofreu um desvio e acabou por entrar.

Resultado justo com o D. Chaves ainda sem conseguir vencer em casa na Liga.
Chaves Estoril Trás-os-Montes Rodrigo Martins desporto futebol
Ver comentários