Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada

Porta de entrada do prédio onde vive o conhecido adepto do Benfica foi manchada com tinta azul.
29 de Janeiro de 2018 às 12:44
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada
Fachada da casa de Pedro Guerra vandalizada

A porta de entrada do prédio de Pedro Guerra, no concelho da Amadora, conhecido adepto do Benfica (clube onde já deteve o cargo de director de conteúdos da BTV) e comentador em programas televisivos, foi vandalizada na noite deste domingo, com diversas pinturas feitas na cor azul.

"Tanto falaste que nós resolvemos visitar-te" é a frase dominante. Junto surge depois uma outra frase, mais enigmática, na qual se pode ler: "Acorda Porto, 30/11/86". Tendo em conta a cor usada e a palavra Porto, a data remete para a fundação da claque Super Dragões, afeta ao FC Porto", que foi fundada precisamente no dia 30 de novembro de 1986.

Numa outra frase surge escrito "Acorda gordo, ups…".

O CM tentou contactar Pedro Guerra mas até ao momento mantém-se indisponível.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)