Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

FC Porto deixa fugir liderança da Liga para o Benfica

Dragão adormeceu e empatou com o Belenenses, ficando assim a quatro pontos dos encarnados.
Sérgio Pereira Cardoso 9 de Dezembro de 2019 às 01:30
FC Porto tropeça frente à Belenenses SAD e deixa Benfica com quatro pontos de avanço na liderança da Liga
FC Porto tropeça frente à Belenenses SAD e deixa Benfica com quatro pontos de avanço na liderança da Liga
Belenenses SAD - FC Porto
Sérgio Conceição é o treinador do FC Porto
FC Porto tropeça frente à Belenenses SAD e deixa Benfica com quatro pontos de avanço na liderança da Liga
FC Porto tropeça frente à Belenenses SAD e deixa Benfica com quatro pontos de avanço na liderança da Liga
Belenenses SAD - FC Porto
Sérgio Conceição é o treinador do FC Porto
FC Porto tropeça frente à Belenenses SAD e deixa Benfica com quatro pontos de avanço na liderança da Liga
FC Porto tropeça frente à Belenenses SAD e deixa Benfica com quatro pontos de avanço na liderança da Liga
Belenenses SAD - FC Porto
Sérgio Conceição é o treinador do FC Porto
Na perseguição ao Benfica, o FC Porto sofreu este domingo um grave despiste, num empate que terminou com muitas queixas junto do árbitro, mas em que o dragão deve olhar para dentro. Só apertou com o Belenenses nos 15 minutos finais e aí continuou acidentado: embateu em Koffi e num poste.

Se o FC Porto dominou a posse na primeira parte? Sim. Só que fez um único remate à baliza. E de penálti. Nessa altura, já o Belenenses estava em vantagem, com André Santos a aproveitar uma ‘assistência’ de Marcano para bater Marchesín. E a coisa não ficou pior para os dragões por culpa do guardião argentino - uma defesa incrível quando o 2-0 de Licá já parecia certo.

Pelo meio, o FC Porto viu um golo de Loum anulado por fora de jogo, mas seria mesmo de bola parada que chegaria ao empate. Corona foi travado em falta na área. Telles fez o 1-1.

O regresso do intervalo foi, curiosamente, um doce para os da casa. O Belenenses tomou conta do jogo até aos 65’. Conceição mexeu e trocou o paupérrimo Manafá e Loum por Nakajima e Sérgio Oliveira. O médio criou logo perigo com um livre em que Koffi desvia para o poste. Mais uma ficha lá para dentro: Soares.

Saiu Marega, chateado. Zé Luís tentou por mais três vezes, mas Koffi levou a melhor. E, no final, por pouco Marchesín não ia tornando ainda mais grave o acidente na perseguição. Benfica mais à vontade, a quatro pontos.

Sérgio conceição ataca arbitragem
Sérgio Conceição não poupou críticas à arbitragem do jogo, reclamando "uma mão" no meio-campo no início da jogada do golo do Belenenses. "Claro que estamos na luta pelo título", reforçou o técnico portista.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)