Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

FC Porto vendeu dois jovens ao V. Guimarães por 15 milhões de euros

Operação financeira a envolver Francisco Ribeiro e Rafael Pereira pode não ter custos.
Record 21 de Setembro de 2021 às 17:11
O FC Porto vendeu dois jovens jogadores ao V. Guimarães por um valor total de 15 milhões de euros. Os valores constam do Relatório e Contas 2020/21 da SAD vitoriana, a que Record teve acesso. Francisco Ribeiro, médio de 18 anos, foi transacionado por 11 milhões de euros, enquanto Rafael Pereira, outro médio, este de 20 anos, por 4 milhões de euros. Ambos já jogaram pela equipa B do V. Guimarães esta época, sendo que Francisco Ribeiro também conta duas partidas pelos sub-23 minhotos. De notar que, ainda assim, esta pode ser uma operação sem custos financeiros.

Aquelas são as duas únicas aquisições que constam no documento da SAD vitoriana como estando já englobadas no exercício 2021/22. Da lista providenciada em relação à época anterior, de 2020/21, o Vitória comunicou a compra de 21 ativos, por um valor global a rondar os 5 milhões de euros.

Record procurou obter mais esclarecimentos sobre os contornos deste negócio junto do V. Guimarães, sem sucesso.

Sentido contrário
Note-se que paralelamente houve dois jovens minhotos que transitaram para o FC Porto também no último mercado de transferências, Romain Correia, central de 22 anos, e João Mendes, lateral-esquerdo de 21 anos, ambos também integrados na equipa B do FC Porto. Em relação a estas tranferências, o Relatório e Contas do V. Guimarães, no que toca a referências expressas aos negócios, é omisso, não sendo ainda conhecida qualquer informação contabilística dos dragões a este respeito.

Ainda assim, pode estar em causa uma operação sem custos financeiros ou de efeito nulo, caso estes dois jogadores agora portistas tenham sido transacionados por valores semelhantes. De notar que, apesar das saídas de Romain Correia e João Mendes para o FC Porto, como já dissemos, não serem detalhadas do Relatório e Contas da SAD minhota, do mesmo documento consta um valor de 16,7 milhões de euros referente a alienações de passes de jogadores e outras receitas associadas. Não se conhecendo outras vendas de monta do V. Guimarães no último verão, este valor pode estar relacionado os atletas agora ao serviço do FC Porto.
Ver comentários