Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

FIFA castiga FC Porto por negócios com fundos

Dragões acusados de prestar informações incorretas.
Pedro Neves de Sousa 20 de Fevereiro de 2019 às 01:30
Brahimi
Brahimi
Brahimi
Brahimi
Brahimi
Brahimi
Brahimi
Brahimi
Brahimi
O FC Porto foi castigado pela FIFA por influência de fundos e informações incorretas sobre transferências.

O órgão máximo do futebol mundial multou os dragões em 44 mil euros e deixou um aviso por infrações relativas a influências de fundos de investimento.

"O Comité de Disciplina descobriu que o clube violou o Regulamento sobre o Status e Transferência de Jogadores por ter celebrado contratos que permitiram que uma terceira entidade influenciasse a independência e as políticas do clube em assuntos relacionados com a transferência", refere a FIFA em comunicado.

O caso em apreço diz respeito ao contrato de Brahimi. No mesmo documento, a FIFA considera ainda o FC Porto culpado por "não prestar informações corretas junto do Transfer Matching System (TMS) [Plataforma através da qual são comunicadas todas as transferências de jogadores] relativamente à transferência de um jogador". Os processos disciplinares foram abertos após uma investigação conduzida pelo TMS.

O FC Porto reagiu por Francisco J. Marques, diretor de comunicação: "Esta multa é completamente injusta. Ainda assim é muito inferior às aplicadas ao Benfica e ao Sporting no ano passado", disse.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)