Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

FIFA: FBI pede informações sobre alegado roubo

Federação Australiana questionada.
28 de Maio de 2015 às 10:06
Jack Warner, ex-vice-presidente da FIFA, entregou-se às autoridades após ter sido acusado de corrupção
Jack Warner, ex-vice-presidente da FIFA, entregou-se às autoridades após ter sido acusado de corrupção FOTO: Ruben Sprich/Reuters

A Federação de Futebol Australiana (FFA) foi instada a informar o FBI norte-americano sobre o alegado roubo de 462.000 dólares (422.300 euros) dos fundos do organismo por parte do ex-dirigente da FIFA Jack Warner.


A petição foi realizada pelo senador independente Nick Xenophon e pela ex-dirigente da FFA Bonita Mersiades, que também pediram a demissão do presidente da FIFA, o suíço Joseph Blatter, após a detenção de sete dirigentes da instituição por corrupção.


Jack Warner, ex-vice-presidente da FIFA, entregou-se na quarta-feira às autoridades de Trinidad e Tobago após ter sido acusado pelos Estados Unidos, juntamente com outros 13 dirigentes ou ex-dirigentes da instituição desportiva de cobrar subornos que atingiriam os 150 milhões de dólares (137 milhões de euros).


O dinheiro australiano alegadamente roubado por Jack Warner não está incluído na acusação das autoridades norte-americanas, mas foi calculado por estas nas investigações.


Segundo o diário Sydney Morning Herald, Jack Warner pediu dinheiro para as obras de remodelação de um estádio Trinidad e Tobago em 2010, ano em que a FIFA procurava o apoio do dirigente daquele país para a sua campanha para ser a sede do mundial.


O Departamento de Justiça dos Estados Unidos indiciou nove dirigentes ou ex-dirigentes e cinco parceiros da FIFA, acusando-os de conspiração e corrupção nos últimos 24 anos, num caso em que estarão em causa subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros).

Federação de Futebol Australiana FBI FIFA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)