Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Frederico Varandas: “Não há dinheiro para tudo no Sporting”

Líder fala em descontentamento “premeditado”.
Mário Figueiredo 29 de Setembro de 2019 às 09:38
Frederico Varandas
Frederico Varandas
Frederico Varandas
Frederico Varandas
Frederico Varandas
Frederico Varandas
Frederico Varandas
Frederico Varandas
Frederico Varandas
"A grande vitória foi evitar a falência do Sporting, não foi a conquista da Taça de Portugal ou da Taça da Liga", disse este sábado Frederico Varandas em entrevista à SIC, admitindo que "não há dinheiro para tudo".

O presidente do Sporting abordou os temas da atualidade do clube, nomeadamente a escolha do treinador: "Houve um dos que foram contactados que me disse: gabo a sua coragem para aturar um clube de malucos como o Sporting".

Varandas lembrou que Mourinho recusou a sua proposta porque quer um "clube que lute pela Champions". O líder leonino reconheceu o mau momento que o clube atravessa, mas acredita que o vai ultrapassar. "Tenho solução e trabalho. O que não tenho é milagres", disse, acrescentando: "Estou triste e partilho o descontentamento dos adeptos".

Frederico Varandas não tem dúvidas de que há "um descontentamento premeditado". "Se isto fosse uma maratona, o Sporting caiu na partida, mas ainda tem 30 quilómetros para recuperar do desaire", referiu, acrescentando que o clube já pagou 225 milhões de euros para regularizar a situação quer de jogadores quer de impostos.

"A realidade do Sporting era negra. Não era cinzenta, era negra", disse, revelando que a escolha de Silas para treinador ficou a dever-se à ambição revelada. "Silas é um jovem treinador competente que vai crescer com a equipa, com coragem e sem medo".
Frederico Varandas Sporting SIC Silas desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)