Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Gestão de Silas chega e sobra para vitória do Sporting frente ao Boavista

Avançado Sporar marcou pelo segundo jogo consecutivo, mas grande figura foi Gonzalo Plata.
Filipe António Ferreira 24 de Fevereiro de 2020 às 08:35
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Sporting - Boavista
Boa vitória, boa gestão e confiança em alta para o duelo de quinta-feira com o Basaksehir (Liga Europa). O Sporting venceu de forma justa o Boavista com Gonzalo Plata em destaque.

Jorge Silas mudou quatro jogadores face à equipa que jogou com os turcos na última quinta-feira (triunfo 3-1). Ristovski, Bolasie e Acuña descansaram, dando os respetivos lugares a Rosier, Borja e Plata. Já o central Coates não jogou por estar castigado (entrou Ilori).

Mudanças que não afetaram. O Sporting foi melhor, mais dominador e chegou ao 2-0 de forma inteiramente justa. Não foi um grande jogo em termos técnicos, mas foi de enorme competência. Sporar marcou logo aos 12’ após livre do endiabrado Plata.

Estava feito o mais difícil. O Boavista nunca fez nada, até ao intervalo, que chegasse para incomodar Maximiano. E quando tinha bola, o Sporting nunca permitia o adversário chegar à sua área.

Depois de ver um golo anulado por fora de jogo, Gonzalo Plata viria a dar ainda mais justiça ao marcador, num remate de primeira, sem hipóteses para o boavisteito Helton Leite.

Após o descanso, o Boavista subiu um pouco no terreno, mas abriu mais espaço nas costas. O jogo ficava partido, o que agradava ao Sporting. Não marcou o terceiro mas teve chances para o fazer: Jovane e Plata acabaram por desperdiçar quando estavam em excelente posição.

Com um jogo mais que controlado, Jorge Silas mexeu, tirando do campo Sporar e Vietto. Dois jogadores importantes na manobra atacante da equipa que o técnico quererá frescos para o duelo na Turquia.

Até final, destaque apenas para uma grande chance do Boavista. Sauer disparou de longe para grande intervenção de Maximiano.

O Sporting vence, convence e vai confiante para o duelo da Liga Europa com o Basaksehir e com a mente nos oitavos de final da prova.

Em análise
Atrevimento equatoriano
Plata é um jogador que os adeptos gostam. Não tem medo, vai para cima do adversário e atira à baliza sempre que pode. Mostra que merece mais oportunidades no onze.

Boavista sem chama
O Boavista está a fazer um campeonato tranquilo. Por isso esperava-se mais de uma equipa que só nos descontos teve uma hipótese clara de golo. Muito pouco.

Dúvida e certeza
Dúvidas se Battaglia tocou de cabeça antes do remate vitorioso de Sporar. Se o fez, o golo teria de ser anulado por fora de jogo. Mal ao não assinalar penálti num lance entre Ricardo Costa e Plata aos 64’.

Silas elogia Plata e vê equipa crescer
Gonzalo Plata encantou as bancadas de Alvalade frente ao Boavista e Silas, técnico do Sporting, rendeu-se à qualidade do equatoriano.

"Temos de ter paciência para que possa crescer. Mas ele é muito virtuoso e atrevido. Será um jogador a ter em conta no panorama mundial", frisou o treinador, não abrindo o livro sobre a deslocação à Turquia, para a Liga Europa. "Vamos ver. O Basaksehir ainda vai jogar e vamos analisar bem o jogo deles. Só aí é que vamos começar a preparar da melhor forma. O Plata vai estar connosco. Se vai ser titular, já não sei", confessou.

Os três pontos frente aos boavisteiros indiciam melhorias no futebol leonino.

"Ainda nos faltam algumas coisas, mas temos estado em crescendo, sem dúvidas. Estou contente com aquilo que produzimos, pois colocámos muito jovens em campo que deram uma boa resposta", lembrou Silas, que esclareceu não querer ter querido atacar Bruno Fernandes.

"O Bruno foi dos melhores profissionais com quem já trabalhei", finalizou o treinador.

Meias especiais para revistas
O Diretivo XXI pôs à venda umas meias especiais para a revista policial às claques, na sequência dos protestos na partida com o Basakhesir, onde alguns adeptos leoninos tiveram de se descalçar à entrada do estádio.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)