Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Governo prepara fim da Liga para os meses de junho e julho

Clubes vão esperar para ver “em concreto” o que será decidido.
J.M. 19 de Abril de 2020 às 09:46
Adeptos com lugar anual poderão ser os primeiros a regressar aos estádios
Adeptos com lugar anual poderão ser os primeiros a regressar aos estádios FOTO: Paulo Calado

"A proposta que a Liga apresentou era para em junho e julho poder completar a época. Ainda temos tempo para preparar isso." Foi, assim, que o primeiro-ministro, António Costa, confirmou que os campeonatos em Portugal deverão estar terminados em pouco mais de três meses, acrescentando: "Para o público, há várias soluções: pode ser à porta fechada ou só com os lugares cativos distribuídos pelo estádio".

A abertura do governante para permitir espectadores nas bancadas, quando o ‘Expresso’ lhe perguntou se as provas só seriam reiniciadas com distanciamento nos estádios, surpreendeu os dirigentes desportivos, apurou o CM.

Até este sábado, era dado como certo que as autoridades de saúde não iriam permitir até ao fim de julho a realização de eventos com grandes aglomerações de pessoas. Daí que as reações sejam cautelosas. "Desde o momento da paragem que o futebol está a preparar a retoma", afirmou ao CM fonte oficial da Liga. Responsáveis do Benfica e Sporting também disseram ao CM que é "preciso aguardar para ver em concreto o que será decidido".

Limitação de entradas sem critérios
Permitir a entrada nos estádios dos adeptos com lugar anual vai criar um problema logístico aos clubes grandes. Antes de ser decretado o estado de emergência, na fase inicial da pandemia a Direção-Geral da Saúde proibiu os eventos ao ar livre com mais de 5 mil pessoas. Só que o Benfica, apurou o CM, tem 53 mil lugares anuais vendidos e o Sporting tem mais de 20 mil - o FC Porto não divulgou números.

As águias, sabe o CM, preferem que seja a Liga a definir critérios gerais, que tenham em conta os grupos de risco, por exemplo, para decidir quem tem direito a assistir aos jogos. E será preciso contornar a obrigação de ceder 5% da lotação à equipa visitante.

Pinto da Costa: "Estamos convencidos de que vamos conseguir a dobradinha"
"Estamos todos convencidos de que vamos conseguir a dobradinha [campeonato e Taça de Portugal]", disse Pinto da Costa, em declarações prestadas às plataforma digitais do FC Porto, na noite da última quinta-feira, dia em que completou 38 anos de presidência do clube.

O dirigente, de 82 anos, revelou ainda como é o seu dia a dia em tempos de confinamento. "Um terço das muitas horas que passo acordado estou a falar ao telefone com gente do FC Porto. Estamos a preparar o futuro e a resolver o presente. Tenho aquela aplicação que conta os passos e há dias, por exemplo, fiz 17 mil passos em casa, ao telefone".

Liga Portugal Benfica António Costa Sporting FC Porto Pinto da Costa desporto futebol
Ver comentários