Benfica, Sporting e FC Porto pagam 220 milhões euros em salários

Salários dos dragões subem 5,5 milhões para 78,8 milhões. Sporting gastou 73,9 milhões, mais do que os 67,9 milhões de euros do Benfica.
Por Hugo Real|12.10.18
Na temporada passada os custos com pessoal dos três grandes bateram um novo recorde e atingiram os 220,6 milhões de euros, um aumento de 8,6 milhões face à época transata. Mensalmente, são 18,4 milhões, com a FC Porto SAD a ser a mais gastadora (6,6 milhões/mês), sendo seguida pela Sporting SAD (quase 6,2 milhões). A Benfica SAD teve a folha salarial mais baixa, com ‘apenas’ 5,7 milhões/mês.

Esta quinta-feira, a sociedade que gere o futebol dos dragões apresentou os números da época 2017/18 e justificou o aumento de 5,5 milhões dos custos com pessoal com o "pagamento de prémios atribuídos ao plantel e equipa técnica, pela conquista do campeonato nacional", que terão rondado os seis milhões.
Quanto gastam Benfica, FC Porto e Sporting em salários

Na comparação entre os três grandes, o ‘campeão’ das contas acabou por ser a Benfica SAD: foi a única a apresentar lucro (20,6 milhões) e lidera as receitas operacionais. Além disso, só os encarnados conseguem que os proveitos operacionais superem os custos.

Já a FC Porto SAD fechou a época com um prejuízo de 28,4 milhões, ainda assim uma melhoria de 6,9 milhões face ao resultado negativo da época transata. Apesar disso, os dragões garantem que cumpriram as regras de fair play financeiro da UEFA (ver caixa). A Sporting SAD, recorde-se, passou de um lucro de 30,5 milhões em 2016/17 para um prejuízo de 19,9 milhões na época passada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!