Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Guarda-redes condenado por matar ex-namorada regressa ao futebol

Bruno assinou contrato pelo Boa Esporte.
14 de Março de 2017 às 16:33
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
Boa Esporte, Bruno Fernandes, Eliza Samudio, Flamengo, Facebook, Rone Moraes, desporto, futebol
O guarda-redes Bruno Fernandes, condenado em 2010 pelo homicídio de uma ex-namorada, assinou esta terça-feira pelo clube Boa Esporte, da segunda divisão brasileira de futebol.

Bruno Fernandes, de 32 anos, vai assim regressar à competição, sete anos depois de ter deixado o Flamengo, clube que representou entre 2006 e 2010.

Na sua apresentação com a camisola do clube mineiro, o guarda-redes, julgado e condenado pelo sequestro, desaparecimento e morte da sua ex-namorada Eliza Samudio, considerou que "o mais importante é recomeçar" e disse estar "pouco preocupado com o que as pessoas pensam".

Bruno Fernandes, condenado pelos crimes de sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada Eliza Samudio, cumpriu um terço da pena e aguarda em liberdade a decisão do recurso apresentado ao supremo tribunal.

A contratação do jogador já custou ao clube Boa Esporte a perda de cinco patrocinadores.

O sítio oficial do clube foi alvo de pirataria informática e nas redes sociais as críticas sucedem-se à contratação do guardião, condenado a 22 anos e três meses de prisão.

"Muito bem feito, Boa Esporte. És agora o clube mais odiado do mundo", é dos comentários que se pode ler na página oficial do clube na rede social Facebook.

O presidente do clube, Rone Moraes, minimizou os efeitos negativos que a contratação está a ter, garantindo estar "empenhado no recomeço da carreira" do jogador.
Boa Esporte Bruno Fernandes Eliza Samudio Flamengo Facebook Rone Moraes desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)