Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Jesus bate recorde de expulsões

Técnico foi expulso três vezes em oito meses.
Mário Figueiredo 19 de Abril de 2016 às 02:01
Jorge Jesus já foi mais vezes expulso em Alvalade do que durante a sua passagem pelo Benfica que durou seis épocas
Jorge Jesus já foi mais vezes expulso em Alvalade do que durante a sua passagem pelo Benfica que durou seis épocas FOTO: Pedro Ferreira
Jorge Jesus já foi mais vezes expulso na Liga em oito meses no Sporting do que em seis anos no Benfica.

O treinador leonino recebeu, no passado sábado, a tercei- ra ordem de expulsão da época no embate com o Moreirense (76’), jogo que o Sporting venceu com um golo polémico de Slimani. Bateu assim o registo de duas expulsões na Liga em seis épocas na Luz. Ao serviço do Benfica, o técnico foi três vezes posto fora do banco, mas uma delas foi na Taça de Portugal, em jogo contra o FC Porto.

No clube leonino, Jesus sentiu pela primeira vez a intolerância dos árbitros na 3ª jornada da Liga, na deslocação a Coimbra. Foi também frente aos estudantes, na segunda volta, que recebeu a segunda ordem de expulsão.

Em Alvalade há indignação com esta situação. O CM confrontou responsáveis leoninos para obter reações e teve como resposta que o treinador mantém a postura e paixão no banco já usuais antes de chegar ao clube, devido a ser muito interventivo e estar constantemente a dar indicações para o relvado.

Os responsáveis leoninos defendem que há dualidade de critérios da arbitragem em relação a Benfica e Sporting. E fazem crer que há dois pesos e duas medidas. "Rui Vitória, que nunca foi expulso na Liga pelo Benfica, acabou na bancada no jogo com o Bayern Munique [2-2, na 2ª mão da Liga dos Campeões]", disse fonte leonina ao CM, relembrando que Jesus, no Benfica, nunca foi expulso na Europa.

Em Moreira de Cónegos, os dirigentes leoninos acusam o quarto árbitro (Manuel Oliveira, do Porto) de tomar a decisão de fazer sair Jorge Jesus.
Ver comentários