Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

"Jogadores não têm de ser amigos"

Selecionador não falou em concreto do relacionamento entre Pepe e Ricardo Carvalho e diz que não há nenhuma exclusão.
Nuno Miguel Simas 11 de Outubro de 2014 às 00:15
Santos não quer a equipa a pensar na Dinamarca
Santos não quer a equipa a pensar na Dinamarca FOTO: Ian Langsdon/EPA

Fernando Santos garantiu que o "ambiente é excelente na Seleção", quando confrontado com a relação entre Pepe e Ricardo Carvalho, depois de o central do Mónaco ter abandonado um estágio da Seleção em 2011 quando percebeu que ia ser suplente do luso-brasileiro no jogo frente ao Chipre de qualificação para o Euro 2012. "As pessoas [jogadores] não têm de ser todas muito amigas umas das outras.  Numa equipa de futebol nunca tens toda a gente no mesmo sítio a brincar. A equipa tem tido um ambiente fantástico de relacionamento entre todos e sem nenhuma exclusão", disse, sem se referir em concreto à relação entre Pepe e Ricardo Carvalho.


O selecionador nacional, que se vai sentar no banco frente à França – o recurso ao castigo é apreciado na segunda-feira pelo TAS, mas mesmo que não seja revisto, Santos só o cumpre em jogos oficiais –, falou ainda de  Cristiano Ronaldo, optando por não pôr pressão acrescida no melhor do Mundo.


"Não espero nem mais, nem menos do que esperamos de Ronaldo todos os dias. O que esperamos dele? Que com a capacidade, profissionalismo e ambição que tem, traga tudo para a equipa como trouxe no passado. Ronaldo tem muito para dar ao futebol português e mundial", destacou.


Portugal defronta hoje a França em jogo de preparação que antecede a partida de terça-feira com a Dinamarca, da fase de qualificação para o Europeu. Fernando Santos não quer a equipa com a cabeça em Copenhaga. "Ninguém vai jogar um jogo a pensar no  outro. Não vou poupar jogadores", recordando a força dos emigrantes.

jogadores seleção nacional Fernando Santos
Ver comentários