Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Jorge Jesus volta a provocar Rui Vitória

Declarações do técnico dos leões após vitória sobre o FC Porto.
Leonel Lopes Gomes 1 de Maio de 2016 às 18:17
Jorge Jesus voltou a provocar Rui Vitória. As declarações foram proferidas na conferência de imprensa após a vitória do Sporting frente ao FC Porto, no clássico da 32.ª jornada do campeonato nacional de futebol
Jorge Jesus voltou a provocar Rui Vitória. As declarações foram proferidas na conferência de imprensa após a vitória do Sporting frente ao FC Porto, no clássico da 32.ª jornada do campeonato nacional de futebol FOTO: Pedro Ferreira
Jorge Jesus voltou a provocar Rui Vitória. As declarações foram proferidas na conferência de imprensa após a vitória do Sporting frente ao FC Porto, no clássico da 32.ª jornada do campeonato nacional de futebol.

"Esta vitória no Dragão é mais mediática do que a da jornada próxima, com o Vitória de Setúbal, mas os três pontos são sempre os mesmos. Não representa nenhuma vitamina moral. Essa temos ingerido sempre que vencemos e lembro que nos seis jogos entre os rivais vencemos cinco enquanto outros [n.d.r. Benfica de Rui Vitória] jogaram seis e perderam cinco. Faltam dois jogos para o final do campeonato e a confiança do Sporting e do Benfica estão em alta. Vai ser uma luta até ao último momento", disparou o treinador dos leões, lançando mais uma acha para a fogueira, no confronto verbal que tem mantido com o técnico dos encarnados ao longo desta época.

Sei o que fizeste no verão passado
No calor de agosto, Benfica, vencedor do campeonato, e Sporting, que conquistou a Taça de Portugal, abriram a época desportiva no Estádio Algarve. No confronto das palavras, Jesus, que tinha estado na Luz ao longo de seis épocas, jogou ao ataque.

"As ideias que estão lá são todas minhas. O Benfica não mudou nada, zero. Vou jogar contra uma equipa com as minhas ideias. Cheguei ao Sporting e mudei tudo. O cérebro já não está lá, o treino não vai ser o mesmo, mas tudo aquilo continua", atirou JJ, que não ficou sem resposta.

"Neste momento, o treinador do Sporting fica a falar sozinho, porque não me apetece falar com ele", respondeu Vitória.
Em outubro, novo confronto entre os dois técnicos, desta feita para o campeonato. "Vai jogar uma equipa, que somos nós, contra 11 jogadores, que não sei se será uma equipa, que é o Sporting", frisou o "mister" dos bicampeões nacionais.

"É fácil depois de ganhar responder a Rui Vitória. Hoje, podíamos ter ganho por mais. O Benfica não teve uma oportunidade de golo. Era fácil pôr o Rui Vitória deste tamanhinho, mas não ponho. Vou respeitá-lo", salientou Jorge Jesus, após o triunfo da sua equipa no Estádio da Luz por 3-0.

Três semanas depois, os dois conjuntos voltaram a esgrimir argumentos, agora na Taça de Portugal. O Sporting, após prolongamento, eliminou o velho rival da 2.ª Circular, depois de vencer por 2-1.

"Ser bom não é ser bonzinho. Já são três vezes que o Benfica joga e é prejudicado em penáltis que são claros. Já chega. É a tática do barulho e eu não quero ser comido de cebolada", afirmou o ribatejano, declarações que tiveram direito a resposta.

"Não pode queixar-se do jogo da Supertaça, nem dos 3-0 na Luz, nem deste. Foi limpinho, limpinho", replicou o comandante dos leões.

O que estava quente, ficou escaldante. A 2 de janeiro, Jorge Jesus saiu em defesa de Julen Lopetegui, após o Sporting ter vencido o FC Porto por 2-0, e voltou a "picar" Vitória.

"Colocaram muitas questões ao meu colega, que estava em primeiro lugar. Eu vejo tantos muito mais atrás e nunca lhes fazem essas perguntas".

Três dias depois, nova resposta da Luz. "Pelos vistos há dois treinadores obcecados pelo Benfica. Mas eu sou só pelo Benfica, tenho caráter e aí não mudo".

"Como não o qualifico como treinador, logo não sou mau colega. Para ser treinador ele tem de ser muito mais. Fi-lo sair da toca, que era o que eu queria. Ele tem de se assumir. Para treinar o Benfica tem de se assumir. Para conduzir um Ferrari é preciso ter andamento para ele. Vamos ver se aquele Ferrari continua a andar. Estou obcecado pelo Benfica, FC Porto e todos os meus adversários, principalmente pelos rivais que estão na luta direta pelo campeonato", voltou a atirar o treinador dos de Alvalade. 

"Esta vida de treinador, ao contrário daquilo que se faz crer, em 99% dos casos é mais ou menos a mesma. Há um que é de facto o Special, que é o José Mourinho, que está acima dos outros, acima de tudo porque ganhou quase a vida toda, em todo o lado e aos 50 anos já tinha uma carreira cheia de títulos. Agora, os treinadores em Portugal, em concreto do treinador do Sporting, antes de chegar ao Benfica teve 20 anos de carreira onde andou a ganhar algumas vezes e a perder outras, a ser despedido umas vezes e contratado outras. Com a idade que eu tenho ele se calhar andava a lutar pela subida de divisão na 2ª Liga", retorquiu, corrosivo, Rui Vitória. Mas a novela teve mais um capítulo, com as palavras proferidas por JJ a 10 de janeiro.

"O meu passado como treinador, toda a gente sabe, comecei na III Divisão. Se hoje considero-me um treinador de topo, porque me considero, é derivado ao meu percurso de vários anos. Para chegar à primeira divisão tive de subir pelo meu trabalho. Resumindo e concluindo, naquelas equipas onde andava também conquistava os meus objetivos. Depois fui para outras melhores, conquistei a Intertoto, fui à Europa, fui para o Braga. Há outros que também começaram no Vilafranquense, no Fanhões, no Alcochetense, mas ganhavam…bola. Esta é diferença de uns para os outros", atirou. Esta época, os dois emblemas defrontaram-se em quatro ocasiões, com os leões a saírem vencedores em três jogos - Supertaça Cândido de Oliveira, 4.ª eliminatória da Taça de Portugal e 8.ª jornada da Liga - ao passo que as águias venceram na segunda volta do campeonato.

A duas jornadas do fim do competição, o Benfica, de Rui Vitória, lidera a prova com 82 pontos, mais dois do que o Sporting, de Jorge Jesus. Nas últimas das jornadas da competição, a equipa de Alvalade defronta em casa o Vitória de Setúbal e fora de portas do Sp. Braga. Ao passo que os encarnados medem forças com o Marítimo e Nacional da Madeira.
Jorge Jesus Rui Vitória Sporting Benfica desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)