Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

José Mourinho "triste" com saída de treinador espanhol Unai Emery do Arsenal

Treinador do Tottenham revelou confiança num rápido regresso do espanhol ao banco de uma equipa de futebol.
Lusa 29 de Novembro de 2019 às 19:09
Unai Emery
Unai Emery , técnico do Arsenal
Unai Emery
Unai Emery
Unai Emery
Unai Emery , técnico do Arsenal
Unai Emery
Unai Emery
Unai Emery
Unai Emery , técnico do Arsenal
Unai Emery
Unai Emery
O treinador do Tottenham, o português José Mourinho, manifestou esta sexta-feira "tristeza" pela saída de Unai Emery do comando técnico do Arsenal, mas revelou confiança num rápido regresso do espanhol ao banco de uma equipa de futebol.

"São sempre notícias tristes. Eu vivi essa situação quando era miúdo, quando o meu pai foi demitido de treinador. Eu próprio também já estive nessa situação enquanto treinador. Nunca fico feliz quando um treinador é despedido", começou por dizer Mourinho, em conferência de imprensa.

Unai Emery, que tinha assumido o comando do Arsenal em 2018/19, foi hoje demitido do cargo, na sequência da derrota de quinta-feira diante dos alemães do Eintracht Frankfurt (2-1), na Liga Europa, naquele que foi o sétimo jogo seguido dos 'gunners' sem vencer em todas competições.

"Estou triste, mas é a vida. O Unai é um treinador fantástico, mas não foi feliz no Arsenal. Agora, terá um pouco de descanso e, em breve, aparecerá outro grande clube a contratá-lo", referiu Mourinho, antes de deixar uma mensagem ao técnico espanhol: "Sem dramas, 'mi amigo'. Segue em frente, porque aparecerá outro clube."

José Mourinho falava na antevisão da receção do Tottenham ao Bournemouth, marcada para sábado, para a 14.ª jornada da Liga inglesa. Este será o terceiro encontro de Mourinho à frente dos londrinos, após ter substituído o argentino Mauricio Pochettino, sendo que, desde então, os 'spurs' somaram duas vitórias, diante de West Ham e Olympiacos.

"É sempre importante começar a vencer. Precisávamos destas duas vitórias, dos pontos na 'Premier League' e assegurar a qualificação na Liga dos Campeões. Independentemente dos resultados, também é importante o que tenho sentido relativamente à equipa. À medida que os dias passam, tenho tido melhores impressões. Estou muito feliz com o que o clube me tem oferecido", afirmou.

Por outro lado, Mourinho deixou elogios ao Bournemouth, próximo adversário, e ao técnico Eddie Howe: "O Bournemouth é uma equipa muito boa. O Eddie Howe nem precisa dos meus elogios. O trabalho e os resultados falam por ele. É um adversário muito duro, que nunca demonstra receio de defrontar equipas teoricamente mais fortes."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)