Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Jovens do FC Porto já valem uma Copa Ibérica

Menino Fábio Silva, de 17 anos, marcou o golo que garantiu a vitória sobre o Getafe.
Mário Figueiredo 22 de Julho de 2019 às 01:31
FC Porto conquista primeira edição da Copa Ibérica ao vencer Getafe
FC Porto conquista primeira edição da Copa Ibérica ao vencer Getafe
FC Porto conquista primeira edição da Copa Ibérica ao vencer Getafe
FC Porto conquista primeira edição da Copa Ibérica ao vencer Getafe
FC Porto conquista primeira edição da Copa Ibérica ao vencer Getafe
FC Porto conquista primeira edição da Copa Ibérica ao vencer Getafe
O FC Porto conquistou este domingo a Copa Ibérica, ao bater o Getafe por 2-1, com golos de Pepe e do menino Fábio Silva, de apenas 17 anos.
Os dragões entraram bem e foram sempre superiores. No entanto, o azar bateu à porta de Soares, que se lesionou num lance dividido. Foi substituído por Zé Luís (10’).

Sérgio Conceição apresentou um onze mais próximo daquele que será titular na Liga, com destaque para o jovem guarda-redes Diogo Costa, de 19 anos, Romário Baró e Luis Díaz. O sistema foi um 4x4x2.

Luís Díaz esteve em destaque e até podia ter sido a figura do jogo, se não tivesse desperdiçado três oportunidade claras de golo. Aos 22 minutos, antecipou-se ao guarda-redes e ganhou a bola. Perdeu ângulo, acabou por fintar Chichizola, mas permitiu a recuperação do guarda-redes, que travou o remate fraco. Depois, surgiu sozinho na área, mas rematou enrolado e fraco.

Pelo meio, o Getafe colocou-se em vantagem num cabeceamento de Cabrera, beneficiando da passividade da defesa. Já nos descontos da primeira metade, também Sérgio Oliveira desperdiçou, ao rematar por cima, dentro da área.

Na segunda parte, Luis Díaz voltou a falhar um golo claro, mas Pepe igualou a partida com um golo de cabeça.

No entanto, o herói do jogo foi Fábio Silva, de 17 anos, que aproveitou um ressalto para consumar a reviravolta e garantir o troféu aos portistas.

DESTAQUES
Diogo Costa
Sem muito trabalho, o guarda-redes de 19 anos tem merecido várias oportunidades do técnico Sérgio Conceição. Não teve culpas no golo de Cabrera, que saltou sem oposição da defesa para cabecear para o fundo da baliza. Vaná vai ter de trabalhar para ganhar a titularidade.

Romário Baró
É um valor seguro no plantel do FC Porto. Tem toque de bola e uma grande visão de jogo. Mostra-se totalmente integrado na equipa. Dos jovens, é aquele que já terá garantido um lugar no plantel de Sérgio Conceição. Ontem voltou a aproveitar para somar pontos.

Luis Díaz
O reforço colombiano pecou na finalização. Teve três claras oportunidades de golo, mas permitiu que o guarda-redes Chichizola defendesse. No entanto, nem tudo foi negativo no jogo de ontem, pois mostrou boa qualidade técnica e boa integração.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)