Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Liga já embolsou 808 mil em multas

Verba das coimas aplicadas pela disciplina da FPF tem servido para abater passivo da Liga.
Octávio Lopes 8 de Março de 2017 às 01:33
Maxi apanhou uma multa de 115 euros por ter sido expulso (2º amarelo) no jo go com o Boavista
Maxi apanhou uma multa de 115 euros por ter sido expulso (2º amarelo) no jo go com o Boavista FOTO: Movenotícias
Até ao dia 1 de março, a Liga já embolsou 808 mil euros de multas, pagas por jogadores, treinadores, dirigentes e clubes das duas competições profissionais de futebol (I e II ligas).

Segundo dados a que o CM teve acesso, o montante em causa supera em 30% se comparado com o período homólogo das duas anteriores temporadas: 2014/15: 619 800 euros; 2015/16: 623 922 euros.

De acordo com os regulamentos, o dinheiro apurado com as multas nos dois principais escalões do futebol nacional reverte diretamente para os cofres da Liga. Fonte oficial do organismo que gere o futebol profissional em Portugal disse ao CM que apesar de os regulamentos preverem que o dinheiro das multas pode ser distribuído pelos clubes no final das épocas, nos últimos anos tal não sucedeu - tem sido aplicado para abater a dívida da Liga, que era na ordem dos 5 milhões de euros quando Pedro Proença foi eleito (julho de 2015) e que ainda ultrapassa os dois milhões de euros.

A mesma fonte adiantou, ainda, que o aumento substancial das multas em 2016/17 em relação a épocas anteriores tem a ver com a forma como o atual Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, liderado por José Manuel Meirim, tem aplicado os regulamentos e apontou um exemplo: "Antes, se uma tocha fosse arremessada para o relvado, apenas era punido o clube do adepto que a atirou. Agora, os clubes também são multados por deixarem entrar as tochas nos estádios."
liga desporto futebol multas FPF
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)