Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Mário Jardel tem salário de deputado suspenso por faltas

Ex-jogador faltou a sessão sobre o processo de cassação do seu mandato.
16 de Novembro de 2016 às 21:40
Mário Jardel, ex-futebolista do FC Porto e do Sporting e deputado estadual
Mário Jardel, ex-futebolista do FC Porto e do Sporting e deputado estadual FOTO: Direitos Reservados
Mário Jardel, antigo futebolista do FC Porto e do Sporting, teve hoje o salário de deputado estadual no Brasil suspenso, após faltar a mais uma audiência sobre o processo de cassação do seu mandato.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do estado do Rio Grande do Sul tomou a decisão, "cumprindo a medida adotada pelo poder público quando o servidor [funcionário] não é localizado", lê-se numa nota da assembleia.

A medida, que se estende aos membros do seu gabinete, estará em vigor até que o deputado do Partido Social Democrático (PSD) retome as suas atividades.

Mário Jardel faltou hoje à reunião da Subcomissão Processante da Comissão de Ética Parlamentar para prestar depoimento no processo que o investiga por quebra de decoro parlamentar, mas o seu advogado apresentou um atestado médico onde figura que o ex-futebolista está com depressão.

Mário Jardel também não compareceu na reunião da Subcomissão de 25 de outubro, porque estaria a acompanhar a avó enferma em Fortaleza, e já faltou a dez sessões plenárias consecutivas.

O deputado foi acusado pelo Ministério Público de integrar uma organização criminosa criada para se apropriar de diárias, manter funcionários fantasmas e exigir repasse de parte dos salários de assessores.

Hoje foi também determinado que o antigo jogador seja submetido a uma perícia com médicos da Assembleia Legislativa a 23 de novembro.

O ex-avançado já tinha ficado afastado da assembleia por 90 dias, de 18 de abril a 19 de julho, com atestado médico devido a depressão.
Mário Jardel deputado estadual Brasil FC Porto Sporting Rio Grande do Sul política parlamento
Ver comentários