Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Mário Figueiredo com processo disciplinar

Em causa está uma entrevista de Mário Figueiredo à RTP Informação.
11 de Outubro de 2014 às 16:56
Mário Figueiredo, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional
Mário Figueiredo, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional FOTO: José Moreira

O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol instaurou um processo disciplinar a Mário Figueiredo, na sequência de declarações públicas do presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

 

Fonte federativa disse que a instauração deste processo ao presidente da LPFP decorre de participações disciplinares feitas pelo Conselho de Arbitragem, pelos membros eleitos da direção e pelo próprio presidente da FPF.

De acordo com a mesma fonte, estas participações resultam de um conjunto de declarações públicas de Mário Figueiredo, nomeadamente as prestadas durante uma entrevista à RTP Informação, no dia 8 de setembro.

Na ocasião, Mário Figueiredo defendeu que, em 2010, "uma candidatura foi formada para tomar de assalto a Liga para controlar a arbitragem".

"Quando a arbitragem mudou para a federação, esse presidente mudou-se de armas e bagagens para a federação. As pessoas que estão à frente dos destinos do futebol fizeram-no para perpetuar um sistema que dura há muitos anos", apontou então, numa das críticas não explicitas ao presidente da FPF, Fernando Gomes.

 

Na mesma entrevista, o presidente da LPFP escusou-se a nomear quem são "as pessoas" que estão na origem dessa "teia de influência" e defendeu que a nomeação de árbitros tem de ser feita de forma transparente.

mário figueiredo liga processo futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)