Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Minhotos nos quartos da final da Taça de Portugal com tranquilidade

Jovem avançado Vítor Oliveira estreou-se pela formação principal dos arsenalistas e marcou de penálti.
Abel Sousa 14 de Janeiro de 2021 às 08:56
Vítor Oliveira fez, de penálti, o 5º golo do Sp. Braga diante do Torreense
Vítor Oliveira fez, de penálti, o 5º golo do Sp. Braga diante do Torreense FOTO: Luís Vieira
O Sp. Braga já está nos quartos de final da Taça de Portugal, depois de esta quarta-feira ter goleado (5-0) o Torreense, do Campeonato de Portugal. Como era esperado, e apesar de ter procedido a várias alterações no onze, a equipa de Carlos Carvalhal entrou a dominar, mas só criou o seu primeiro grande momento de perigo aos 17’, com o remate de fora da área de André Horta a merecer uma defesa vistosa de Marcelo Valverde. A vantagem não tardou muito, com Rolando a desviar de cabeça um cruzamento de João Novais (24’). A resistência do Torreense foi-se abaixo e, três minutos depois, Abel Ruiz fez o 2-0 com facilidade, correspondendo a uma assistência de Galeno. Os dois golos de rajada permitiram ao Sp. Braga baixar o ritmo do jogo, mas nunca deixando de o controlar perante um adversário generoso, embora incapaz de incomodar Tiago Sá.

No reatamento, Carvalhal lançou Esgaio e Ricardo Horta para os lugares de Galeno e Guilherme Schettine. Alterações que visavam essencialmente gerir os recursos, já a pensar na difícil deslocação, sábado, a Paços de Ferreira, mas que não obstaram a que a equipa continuasse a evidenciar supremacia e chegasse aos 3-0, com Esgaio a marcar na sequência de um canto (51’). Dez minutos depois, Abel Ruiz bisou, aproveitando uma defesa incompleta de Marcelo Valverde a remate de Ricardo Horta. Logo a seguir, assinalou-se a estreia, ao mais alto nível, do jovem avançado Vítor Oliveira, que normalmente atua no Sp. Braga B. E, já em tempo de compensações, seria mesmo chamado a converter um penálti, fazendo-o com classe e fechando o resultado.

Nos ‘quartos, os arsenalistas terão pela frente, de novo em casa, o Santa Clara, adversário que esta época já venceu na Pedreira para a Liga.
Ver comentários