Morreu Gordon Banks, um dos maiores guarda-redes de futebol da história

Ficou famoso pela defesa "do século" ao cabeceamento de Pelé no Mundial de 1970. Lutava contra um cancro há vários anos.
12.02.19

Morreu esta terça-feira, aos 81 anos, Gordon Banks um dos maiores guarda-redes da história do futebol inglês, após uma longa batalha contra o cancro. 

Foi Campeão do Mundo em 1966 e ficou famoso pela defesa do cabeceamento de Pelé no Mundial de 1970 no México.



Diante de Portugal, o guarda-redes, nascido em Sheffield, sofreu o primeiro golo no campeonato, com Eusébio a marcar de grande penalidade quando o resultado já estava em 2-0, após um 'bis' de Bobby Charlton.

Na carreira, o guarda-redes inglês passou pelo Chesterfield, equipa em que começou nos juniores, Leicester e Stoke City. Foi nomeado seis vezes pela FIFA como o guarda-redes do ano.

Retirou-se em 1973 após uma carreira memorável que conta com a presença no único Campeonato do Mundo conquistado por Inglaterra.






pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!