Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Não tive dúvidas, a única coisa que fiz foi trabalhar": Gonçalo Guedes de volta depois de recuperar da Covid-19

Avançado diz-se "preparado para ajudar" a Seleção Nacional.
Record 12 de Junho de 2021 às 09:21
A carregar o vídeo ...
Euro2020: Guedes em "perfeita forma" para "complicar vida" a Fernando Santos
Gonçalo Guedes diz estar em "perfeita forma" para poder ajudar a Seleção Nacional e garante que Fernando Santos terá boas dores de cabeça para escolher quem colocar na frente de ataque, tamanha é a qualidade que tem entre os convocados. Recuperado da covid-19, o jogador do Valencia sublinhou que nunca "teve dúvidas" de que estaria apto a tempo de se juntar à equipa.

É a sua melhor versão ou vai precisar de ganhar ritmo?
"Estou em perfeita forma. Não parei apesar de ter estado 10 dias em casa, treinando com planos que me enviaram em casa. Espero ajudar a equipa"

Época no Valencia não foi positiva. Em termos emocionais, pesa a época complicada "Não pesa nada. Todos sabemos que foi complicado, mas estou focado na Seleção. É passado e agora estou focado"

Efeitos da Covid-19 em atletas de alto rendimento. Que dúvidas teve quando estava em casa? "Não tive dúvidas. Não tive sintomas e a única coisa que fiz foi treinar duas vezes, senti-me como se estivesse normal. Fiz exercício para chegar nas melhores condições. Foi indiferente, embora sabendo que não é bom para ninguém"

Candidatos: "Há seleções que são sempre candidatas. Há seleções fortes mas temos de preparar os jogos da mesma maneira".

Lote de avançados da Seleção Nacional. Não é fácil jogar com a concorrência? "Não é fácil. O mister decide e só tenho de estar preparado para qualquer decisão. Joker? Não sei. Estou preparado para ajudar, sejam dois ou 30 minutos. É isso que vou fazer para ajudar a equipa"

Teste negativo: "Nunca tinha ficado tão feliz com um teste negativo! Fiquei muito contente porque ficar em casa mais uns dias não seria nada bom".

Este é o pior grupo? "Não digo que seja o pior. É um grupo dificil, é sorteio. Temos de aceitá-lo sabendo as dificuldades. Já analisámos a Hungria, sabemos os pontos fracos e fortes e queremos explorar os fracos"

O que esperar no primeiro jogo? "Sabemos que a Hungria é difícil, que não dá um lance por perdido e que tem força nas bolas aéreas".

Chamada para o Euro'2020: "Todos os que foram chamados têm o voto de confiança do selecionador. Estar nos 26 é muito bom e sinal que o trabalho que fizemos valeu a pena. É uma prova onde todos querem estar desde pequenos"
Hungria Gonçalo Guedes Covid-19 Seleção Nacional Fernando Santos Valencia desporto futebol
Ver comentários