Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Marco Silva alerta para ganhar no Bessa

Técnico fala em opositor “aguerrido” e diz que os jogadores leoninos estão preparados para as adversidades da relva sintética.
Mário Figueiredo 5 de Dezembro de 2014 às 09:12
Marco Silva está consciente das dificuldades que a sua equipa vai encontrar no Bessa
Marco Silva está consciente das dificuldades que a sua equipa vai encontrar no Bessa FOTO: Rui Minderico

Nunca é fácil jogar no Bessa. O Boavista é uma equipa agressiva, de forma positiva, tal como o seu treinador. É preciso entrar em campo com o máximo respeito, assumindo algum favoritismo, mas tendo em conta que não será um jogo fácil." Foi desta forma que Marco Silva, treinador do Sporting, abordou o jogo de hoje com os axadrezados, que inaugura a 12ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

O treinador do Sporting não espera facilidades nesta deslocação ao Norte, devido à postura "aguerrida" da equipa de Petit. "O Boavista criou muitas dificuldades aos outros grandes, tendo somado um ponto frente a um deles [empate a zero com o FC Porto no Dragão] e criado muitas dificuldades a outro [Benfica venceu no Bessa por 1-0]. Vai ser um jogo num terreno difícil e ao qual o adversário está mais habituado, mas isso não pode desviar a equipa do objetivo de somar três pontos", disse Marco Silva, em jeito de aviso.

O facto de o relvado do Bessa ser sintético (a bola gira mais depressa) também mereceu alguns cuidados por parte dos leões na preparação deste embate. "O jogo tem algumas características diferentes. Tivemos os cuidados suficientes para preparar os jogadores, embora sem alterar os nossos hábitos. Os jogadores do Boavista estão mais habituados ao relvado, mas queremos vencer. Estamos preparados", assegurou o técnico.

Marco Silva não revela se vai manter a dupla composta pelo argelino Slimani e pelo colombiano Montero na frente de ataque, depois de terem sido ambos decisivos no triunfo sobre o V. Setúbal (3-0) na última jornada do campeonato. "Temos que jogar com os melhores, podemos fazer uma ou outra alteração, mas só pensamos no jogo do Bessa", disse, acrescentando: "O jogo que vem a seguir [Chelsea, na terça-feira, para a Champions] é importante, mas não é mais importante do que este. Todo o nosso foco e todas as nossas forças têm que estar centradas no jogo com o Boavista."
Marco Silva recusou-se a abordar a possível contratação do central Ricardo Costa em janeiro. "Não faço comentários. Não falo de jogadores que não façam parte do plantel."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)