Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Observatório estima em 16 por cento a inflação no mercado do futebol

Observatório considera os 75 milhões de euros pagos ao Real Madrid por Di Maria está 30 milhões acima do preço correto.
2 de Setembro de 2014 às 20:12
Venda de Di Maria foi, segundo o observatório, uma das mais inflacionadas
Venda de Di Maria foi, segundo o observatório, uma das mais inflacionadas FOTO: Andrew Yates/REUTERS

As transferências de jogadores envolvendo clubes europeus foram mais caras cerca de 16 por cento do que os valores registados nas últimas cinco temporadas, segundo um estudo do Observatório do Futebol (CIES), divulgado esta terça-feira.

Segundo o organismo sedeado na Suíça, o Manchester United e o Paris Saint-Germain pagaram dezenas de milhões de euros acima dos rácios de mercado para contratarem, respetivamente, o argentino Angel Di Maria (ex-Real Madrid) e David Luiz (ex-Chelsea).

"Segundo os dados analisados, no geral, os clubes pagaram mais 16 por cento que nas cinco épocas anteriores por jogadores de características semelhantes", lê-se no estudo, que confirma "a inflação em curso no mercado de transferências", com ênfase nos negócios dos clubes de topo.

O documento do CIES revela o exame aos cinco principais campeonatos, que apelida de "Big Five" -- Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e França -- e explica que a tendência inflatória "se deve às somas despendidas por uma mão cheia de clubes saudáveis financeiramente".

O principal caso apontado é a transferência de Di Maria para o Manchester United, que pagou 75,5 milhões de euros ao Real Madrid, valor que o Observatório considera "30 milhões acima do preço correto, em termos de mercado".

Observatório estima 16 por cento inflação mercado futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)