Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Pedem 500 mil € ao V. Guimarães

Enfermeiros e médicos foram despedidos em junho. Exigem ser indemnizados.
Ana Isabel Fonseca e Tânia Laranjo 3 de Outubro de 2014 às 15:52
Direção de Júlio Mendes alvo de quatro ações
Direção de Júlio Mendes alvo de quatro ações FOTO: Luís Vieira

O Vitória de Guimarães arrisca pagar uma indemnização de mais de meio milhão de euros a dois médicos e a dois enfermeiros que até ao início da época faziam parte do corpo clínico do clube. Foram interpostas quatro ações nas Varas Mistas de Guimarães, onde é exigido que o clube, presidido por Júlio Mendes, pague não só montantes em atraso – respeitantes aos anos entre 2011 e 2013 –, mas também que entregue os salários que os médicos e os enfermeiros iriam receber caso trabalhassem toda a época.

Em causa está o facto de o clube apenas ter dispensado os serviços do corpo clínico a 25 de junho. Os médicos e enfermeiros dizem que já tinham a época toda preparada e que as regras do contrato foram violadas ao não serem avisados com a devida antecedência.

Nas ações, os elementos que pertenciam ao corpo clínico dizem sentir-se profundamente injustiçados, até porque pelo menos um deles trabalhava há já quase 20 anos no Vitória de Guimarães. O presidente do clube terá alegado nos despedimentos que iria contratar os serviços de uma clínica, que alegadamente serão mais baratos. "A decisão foi contra todas as fundadas e legítimas expectativas do autor, que sempre prestou o seu serviço com competência, lealdade e assiduidade", alega um dos médicos na ação.

"Não se pode deixar de responsabilizar tal ingratidão, até porque o senhor presidente do Vitória nunca teve a frontalidade de comunicar a decisão diretamente à equipa", disse o advogado João Magalhães, que representa o corpo clínico. 

Vitória de Guimarães Varas Mistas de Guimarães Júlio Mendes Vitória João Magalhães clubes e associações
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)