Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Platini diz que 'fair-play' financeiro "é para durar"

Gestão de acordo com as possibilidades.
21 de Maio de 2015 às 11:33
"Os clubes têm de viver de acordo com as suas possibilidades", disse Platini
'Os clubes têm de viver de acordo com as suas possibilidades', disse Platini FOTO: EPA

O presidente da UEFA, Michel Platini, afirmou esta quinta-feira que o princípio do 'fair-play' financeiro "está para durar", acrescentando que o mesmo obriga os clubes de futebol a terem uma gestão de acordo com as suas reais possibilidades.


"O 'fair-play' financeiro é para durar, os clubes têm de viver de acordo com as suas possibilidades", disse Platini, em declarações ao sítio da UEFA, admitindo, no entanto, que as regras serão atualizadas.


"As atualizações das regras serão discutidas nas várias comissões antes de serem apresentadas ao Comité Executivo, que reúne a 29 e 30 de junho, em Praga", disse.


Platini garantiu, no entanto, que as sanções em caso de incumprimento "não serão alteradas".


Não gastar mais do que ganha
Há dois dias, Michel Platini afirmou, em entrevista a um canal televisivo, que a UEFA estava a ponderar "aliviar" o princípio do 'fair play' financeiro.


"Penso que vamos tornar as coisas ['fair play' financeiro] menos exigentes, mas será o Comité Executivo a decidir o seu alívio", disse Michel Platini, remetendo para junho uma decisão sobre o assunto.


O princípio do 'fair play' financeiro prevê que um clube não possa gastar mais do que ganha, sob pena de sanções que podem chegar até a exclusão das competições da UEFA.


O 'fair play' financeiro exige que os clubes envolvidos na Liga dos Campeões e na Liga Europa recuperem gradualmente o seu equilíbrio financeiro.

UEFA Michel Platini 'fair-play' financeiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)