Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Portugueses dão razão a Marco Silva

Sondagem CM/Aximage revela que, para os portugueses, foi o técnico leonino a agir da melhor forma.
Pedro Carreira 17 de Janeiro de 2015 às 12:01
Marco Silva, treinador do Sporting
Marco Silva, treinador do Sporting FOTO: Paulo Calado

A maioria dos portugueses considera que a razão está do lado de Marco Silva, segundo uma sondagem CM/Aximage. Em causa está o conflito entre o treinador e o presidente Bruno de Carvalho.

Para 55% dos inquiridos, foi o técnico leonino a agir da melhor forma na resolução da crise que abalou Alvalade. Os dados recolhidos nesta sondagem mostram ainda que apenas 6,8% dos inquiridos apoia o presidente. Ainda assim, cerca de 40% dos portugueses diz não ter opinião sobre o assunto.


O apoio a Bruno de Carvalho é ainda menor entre os adeptos dos grandes rivais do Sporting. Os simpatizantes de Benfica e FC Porto são os que menos razão dão ao responsável máximo da equipa leonina.

Já sobre a evolução deste caso, a maior parte dos inquiridos divide-se entre duas opções. Cerca de 30% despedia apenas o presidente, enquanto 28,6% não despedia nenhum dos dois intervenientes. Uma análise mais atenta aos dados mostra ainda que quase metade dos sportinguistas questionados neste estudo defende a permanência tanto de Marco Silva como de Bruno de Carvalho.

Esta sondagem foi realizada entre os dias 9 e 12 de janeiro, com uma taxa de resposta de 82,8%. A amostra teve 601 entrevistas efectivas: 274 foram feitas a homens e 331 a mulheres. A margem de erro é de 4%.

Ficha técnica
Universo: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.

Amostra: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 601 entrevistas efectivas: 274 a homens e 331 a mulheres; 108 no Interior Centro Norte, 162 no Litoral Centro Norte, 92 no Sul e Ilhas, 165 em Lisboa e Setúbal e 74 no Grande Porto; 155 em aldeias, 205 em vilas e 241 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.

Técnica: Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido nos dias 9 a 12 de Janeiro de 2015, com uma taxa de resposta de 82,8%.

Erro probabilístico: Para o total de uma amostra aleatória simples com 601 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma "margem de erro" - a 95% - de 4,00%).

Responsabilidade do estudo: Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.

Sporting portugueses Portugal marco silva sondagem cm correio da manhã aximage conflito bruno de carvalho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)