Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Quénia combate doping no desporto

Presidente garante que país está a lutar por um desporto limpo.
23 de Junho de 2016 às 18:14
Doping
Doping FOTO: Sergei Karpukhin/Reuters
O presidente do Quénia, Uhuru Kenyatta, garantiu, esta quinta-feira, que o país está empenhado em cumprir o código da Agência Mundial Antidopagem (AMA) e lutar por um desporto limpo.

"Estamos ansiosos por uma avaliação da AMA que diga que estamos em conformidade com as regras antidoping", afirmou Kenyatta, acrescentando: "O Quénia sempre defendeu um desporto limpo e quer continuar a fazê-lo".

O presidente queniano assinou hoje uma nova lei antidopagem, que permitirá ao país cumprir os critérios da AMA.

O organismo mundial de combate ao doping tinha estabelecido um prazo para que o Quénia adaptasse o seu código antidopagem às regras do organismo internacional, sob pena de os atletas quenianos serem impedidos de participar no maior evento desportivo mundial.

Na terça-feira, o COI afirmou que as deficiências detetadas nos procedimentos do Quénia e da Rússia em matéria de realização de testes antidoping levantavam sérias dúvidas sobre a presunção de inocência dos atletas daqueles países.

No mesmo dia, o organismo olímpico anunciou que os desportistas da Rússia e do Quénia deverão ser avaliados individualmente pelas federações internacionais para poderem ser elegíveis para participarem nos Jogos Olímpicos Rio2016.

Quénia Uhuru Kenyatta código da Agência Mundial Antidopagem AMA COI Rússia Jogos Olímpicos Rio2016 desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)