Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Negru": O insulto racista que acabou com o jogo entre PSG e Istanbul Basaksehir da Liga dos Campeões

Quatro árbitro terá proferido um insulto racista em direção a um dirigente do banco dos turcos. Demba Ba não perdoou e foi para cima da equipa de arbitragem.
Lusa e Correio da Manhã 8 de Dezembro de 2020 às 21:06
'Negru': A palavra que acabou com o jogo entre PSG e Istanbul Basaksehir da Liga dos Campeões
'Negru': A palavra que acabou com o jogo entre PSG e Istanbul Basaksehir da Liga dos Campeões FOTO: Getty Images
"Negru" - preto em romeno - foi a palavra que fez 'explodir' o banco do Istanbul Basaksehir e que interrompeu a partida contra os franceses do PSG. O árbitro romeno Sebastian Coltescu terá chamado "negro" a Pierre Webo - dirigente dos turcos -, para que o árbitro principal soubesse quem era e o expulsasse.

Demba Ba, jogador dos turcos, insurgiu-se de imediato contra o sucedido e argumentou contra a equipa de arbitragem sem poupar os envolvidos. "Tu nunca dizes este homem branco, porque é que tens de dizer este preto", atirou o jogador.




O jogo foi interrompido e ambas as equipas recolheram aos balneários.

Em Portugal, Marega abandonou sozinho o relvado em Guimarães
Os factos remontam a 16 de fevereiro último, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, durante o jogo de futebol entre o Vitória de Guimarães e o FC do Porto, a contar para a 21.ª jornada da I Liga de futebol.

Por volta do minuto 70, pouco depois de ter marcado um golo, Marega pediu para ser substituído e acabou mesmo por abandonar o relvado, agastado com cânticos de natureza racista que lhe estavam a ser dirigidos por adeptos do Vitória, com sons a imitar macacos.


Ver comentários