Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Renovação de Danilo não espanta cobiça

Médio ultrapassa lesão e será titular no jogo de hoje.
João Pedro Óca 28 de Janeiro de 2017 às 01:30
Danilo Pereira é uma peça fundamental na estratégia do treinador do FC Porto, Nuno Espírito Santo
Danilo Pereira é uma peça fundamental na estratégia do treinador do FC Porto, Nuno Espírito Santo FOTO: Hugo Monteiro
É peça imprescindível no FC Porto e recuperou totalmente da contusão no pé direito que o deixara em dúvida para o jogo de hoje, em casa do Estoril. Danilo Pereira está a 100 por cento e será titular na Amoreira.

O médio de 25 anos renovou contrato com os dragões até 2022, com cláusula de 60 milhões de euros, mas nem isso o tira da mira dos tubarões ingleses, apontados a um negócio no verão. Ontem, foi a revista ‘FourFourTwo’ a apontá-lo como "próximo Patrick Vieira" no Arsenal, acrescentando o Liverpool na corrida.
No imediato, o que interessava a Nuno Espírito Santo era a recuperação do médio, à qual se junta o regresso de Otávio, médio brasileiro que não joga desde o início do mês de dezembro, quando se lesionou frente ao Sp. Braga, na vitória por 1-0, golo de Rui Pedro. Precisamente o jovem de 18 anos também foi chamado (Depoitre fica de fora), aproveitando o facto de Soares ter de cumprir castigo, após cinco amarelos no V. Guimarães. Na partida de hoje, o FC Porto deve contar com forte apoio da bancada - os bilhetes à venda no Dragão esgotaram.

Entretanto, e com o mercado aberto, Bueno está perto de mudar de clube em Espanha. O Granada quer libertá-lo e o Leganés surge como alternativa para nova cedência, sendo a única dificuldade o elevado salário do avançado, que dificilmente voltará a jogar no FC Porto. Por resolver, continua a situação de Sérgio Oliveira, que está a trabalhar à parte.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)