Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

"Se me tivesse encontrado com ele tínhamos assinado": Vieira comenta caso Cavani

Presidente do Benfica abordou vários temas durante uma entrevista à RTP3.
Record 19 de Outubro de 2020 às 00:26
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira FOTO: Vitor Chi

Luís Filipe Vieira esteve este domingo no programa da RTP3, 'Trio d' Ataque', onde abordou vários temas da atualidade dos encarnados.

Casa do Benfica de Braga
"Hoje passou-se algo de muito grave e quero dar uma palavra de solidariedade ao presidente da casa de Braga. Aquela casa já foi vandalizada mais de 20 vezes. É de lamentar que uma candidatura tivesse feito insinuações que alguém da minha candidatura tivesse feito aquilo. É sinal que não conhece o trabalho que se tem feito com as casas do Benfica." 

André Almeida
"Infelizmente tudo leva a crer que tem uma lesão grave. No autocarro a despedir-me dele disse-lhe mais uma vez que ele é um lutador e que vai recuperar o mais depressa possível para voltar a camisola do Benfica. Uma palavra ao André, sabes bem, vais recuperar rapidamente. Um abraço para ti", referiu o presidente do clube  da Luz.

Jorge Jesus e as eleições
"Não foi contratado para eu ganhar as eleições, até porque o Jorge Jesus é um nome controverso no mundo benfiquista. Há um ano ninguém sabia que ia haver uma pandemia... Numa conversa em casa dele há um ano disse-lhe que se houvesse uma alteração no Benfica ele seria o próximo treinador do Benfica. Estava o Bruno Lage. Ele foi em maio ou junho para o Brasil, esta conversa foi em março."

Benfiquistas já perdoaram Jesus?
"Ele foi muito claro na apresentação e no que disse, qualquer benfiquista deve estar feliz, ele é o nosso treinador e todos queremos que o Benfica ganhe."

Investimento no plantel
"Acho que benfiquistas não devem estar preocupados. Primeiro titulo que Benfica adquiriu foi credibilidade. Nunca o Benfica comprava o Everton por 20 milhões o ano passado. Waldschmidt igual. Darwin será uma referencia do futebol mundial. Jogadores que alem de termos retorno desportivo bastante alto, vamos ter desportivo também. No tempo que vivemos hoje, não é o Benfica Sporting ou Porto, qualquer empresa vai passar dificuldades. E Benfica tem de estar preparado para ela. Posso dizer que há jogadores destes comprados a 5 anos sem juros. Quando se tem credibilidade conseguem-se coisas diabólicas e é nas crises que devemos investir. Benfica será fácil recuperar 100 ou 150 milhões de euros."

António Costa na Comissão de Honra
"Tenho sido sempre homem coerente. O António foi meu apoiante em 2012, 2016 e já como primeiro-ministro, mas como cidadão e sócio do Benfica. Agora foi na mesma condição. O que se passou desta vez? Isso é que me está a intrigar? Foi o mesmo primeiro-ministro e o mesmo cidadão… Nas anteriores não perturbou tanto porquê? Entendi que ele não podia estar a sofrer nada comigo. Nem ele nem nenhum político, então entendi tirá-los todos de lá. E a situação do presidente da CM Lisboa igual."

Ataques à campanha?
"A minha campanha é limpa. Não vou atacar ninguém. A minha vida é limpa, tenho resposta para toda a gente. Outros se calhar podem não ter."

Defesa-central pretendido por Jesus
"Uma coisa é o que jornalistas escrevem, outra é o que conheço do Jorge Jesus. Podem dizer que ele ambiciona ter um determinado jogador. Mas até dezembro… até posso já nem ser eu o presidente. Jesus é treinador do Benfica, tem grande relação com administração, com Tiago Pinto e comigo. Nós somos amigos. Jorge é hoje a cara do Benfica. As vezes dizemos ‘eu quero’ e não é bem assim. Vinicius saiu por empréstimo e ele não quis nenhum avançado, foi buscar Gonçalo Ramos e já renovámos com ele."

Rui Costa sucessor
"É o meu ultimo mandato. Só podia abdicar para ganhar um penta, mas isso é outra coisa… Dizem que aquilo é monarquia. Dentro do Benfica há gente qualificada para dar continuidade ao projeto. Quem vota são os sócios. O que eu disse foi ‘Eu sou o presente e tu, Rui, és o futuro’."

Último mandato
"Há um tempo para tudo na vida. Eu tenho família também. Sei quantos dias tive de féria no Benfica nestes anos. Fazer o que se fez em 20 anos não é para todos. Benfica era caso de estudo para saber como foi possível tornar isto tudo assim e este projeto, que é empresarial com amor popular."

Ambição
"Prioridade é onde entrar ganhar todos os jogos e no fim fazemos as contas. É uma aposta firme minha ganhar um título europeu. Nestes 4 anos vou lá chegar. Uma jura que fiz ao meu pai e só falta cumprir esta. Hei-de conseguir."

Resposta a Varandas
"O presidente de um clube dizia ontem que o Benfica e o Porto... Ele se calhar nem viu o Benfica-Farense, para ver o que é o segundo golo. É falta e foi golo. No Benfica não há lobbie com ninguém. Há trabalho e credibilidade."

O Benfica a 100 por cento
"A minha vida é Benfica, empresa e casa. Até dizem que sou um bocado bicho do mato. Não tenho nem conheço maioria das pessoas que estão no poder. Não tenho poder com ninguém. Tenho boa relação com presidente da federação. É proibido dizer que sou amigo do António Costa? Fez-me algum favor? Não lhe pedi nenhum favor."

Relação com Rangel
"(Risos) Primeiro não lhe ofereci nada. A justiça funciona neste país. Nunca vou ser julgado por jornal nem televisão. Se não fosse presidente do Benfica não estava metido naquilo. Há escuta e gravação que eu digo ‘Rui se quiseres eu vou contigo ao tribunal’. Não era eu que devia ao Estado, era o Estado a mim. O que se devia dizer é como é que o Estado português demora tanto a pagar. O que é que eu tinha de pedir ao Rui Rangel? Ajuda-me aqui ou ali em quê? O que fiz qualquer um fazia."

Rede de influência (caso dos emails)
"Há quanto tempo dura os emails? Já deviam ter apresentado alguma coisa. Nos últimos anos o Benfica não tinha os melhores planteis em Portugal? Ganhámos 4 campeonatos seguidos. Acham que era preciso andar a pedir favores árbitros? Nomes deviam ser investigados em que ajudaram o Benfica. Caso acaba por prejudicar o Benfica, lógico. Sofri 12 anos com o caso Mantorras. Passado esse tempo foi arquivado. Tenho consciência completamente tranquila. Meus filhos e mulher poder ter orgulho no pai e marido que têm. Os meus amigos também. Vou ter de lutar pelo meu nome. Puseram muitas noticias cá fora. Já me viraram ao contrário 10 vezes seguidas e continuo em pé."

Vilarinho e proteção
"Benfica nunca me protegeu em nada, pelo contrário. Prejudicou e continua a prejudicar. A inveja neste país é uma coisa… Se eu não tenho aparecido no Benfica não havia estádio, não havia nada. E há testemunhas disto. Se doutor Fonseca Santos abrir o véu pode-se saber o que se passou naquela altura. Vilarinho falou comigo, em prol do Benfica desisti de concorrer. Foi um alívio naquela altura. Isto em outubro. Em maio recebo telefonema a dizer que tinha de ir para o Benfica. Vilarinho sabe quem o ajudou a revolucionar o Benfica."

Cavani
"Tivemos dois advogados a tratara disso. Benfica fez proposta que podia fazer. Há altura em que eu digo para meterem proposta por escrito e era o dobro. Então mandamos email a dizer que não queríamos. Houve interesse. E se me tivesse encontrado com ele tínhamos assinado."

Debates
"Eu vi debates do Sporting e não quero que o meu clube tenha debates como aqueles, aquela palhaçada, que foram o riso total. No Benfica há um candidato que apareceu agora e veio de um grupo de Whatsapp. E nem era para ser ele o candidato. Piadas têm aumentado. Se vou para debate para ofender e criticar, não vou. Depois de dia 30 tem de haver Benfica unido e não quero criar roturas que possam ser irreversíveis. Ainda não ouvi nenhum candidato dizer o que quer fazer de novo no Benfica. BTV nunca interferiu em nenhuma campanha. Tem de estar à parte. Porque diriam sempre que era eu a beneficiar."

Paulo Gonçalves
"Não tem negócios com o Benfica. Falo com ele, sou amigo dele e falo com ele quando me apetecer. Quando for julgado as pessoas vão saber. Marginalizá-lo? Parece que não pode ter vida normal nem pode ganhar dinheiro normal."

Pedro Proença
"Disse-me que estava farto e que se ia embora da Liga. Se não sair mentiu. A carta que fez não podia fazer sem autorização dos clubes, pelo menos dos três grandes."

Futuro
"Era muito mau sair do Benfica neste momento e sou a pessoa mais bem preparada para estabilizar o Benfica. Quando cheguei foi o maior desafio que tive. Nem as pedras da calçada eram do Benfica."

Pinto da Costa

"Houve um encontro testemunhado por António Salvador, Júlio Mendes, Soares de Oliveira e Antero Henrique. Disse-lhe que a resolução do futebol português passava por nos dois mas a Liga tinha de ser liderada por alguém que não podia ser Benfica nem Porto. Eu falei no Luís Duque e ele disse para lhe telefonar. Andámos numa paz e numa relação normal. O que cortou esta relação? Um dia Pedro Proença entra no meu gabinete, vem despedir-se da arbitragem e entrega-me camisola, a dizer que se queria candidatar a presidente da Liga. E disse que tinha apoio do FC Porto. A partir daí nunca mais."
Ver comentários