Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Seferovic leva Benfica em frente na Taça de Portugal com dois golos ao Rio Ave

Benfica esteve a perder 0-1 e 1-2. Jogador entrou e marcou dois golos em dois remates.
Sérgio Pereira Cardoso 15 de Janeiro de 2020 às 01:30
Seferovic
Benfica - Rio Ave
Benfica - Rio Ave
Seferovic
Benfica - Rio Ave
Benfica - Rio Ave
Seferovic
Benfica - Rio Ave
Benfica - Rio Ave
Mais um teste de stress e mais uma boa resposta do banco benfiquista, desta vez com um suíço a ser decisivo.

O Rio Ave esteve a vencer por duas vezes, mas Seferovic resgatou a Taça com apenas dois toques na bola. Sexta remontada da época antes da visita a Alvalade para a Liga.

Num jeito que começa a ser habitual, o Benfica entrou a perder. Livre de Piazón, voo curto de Zlobin e 0-1 aos 4’. Faltava saber se era apenas mais uma terça-feira de reviravolta para os homens da Luz.

A reação assim o prometia - menos de dez minutos e Cervi a voltar a fazer o gosto ao seu pior pé, o direito, após passe de Vinícius.

O jogo estava agradável e teve um pico de emoção pela meia hora. Chiquinho parece ser tocado na área, o lance segue, Taremi volta a ultrapassar a defesa benfiquista e faz um chapéu de cabeça a Zlobin. 1-2 e mais um teste a Lage e companhia. Antes do intervalo, Soares Dias marcou penálti sobre Taarabt, numa decisão, essa sem qualquer ponta de dúvida, errada e revertida com recurso ao VAR.

Até que Lage mexeu. Tirou Ferro, lançou Seferovic e recuou Weigl para central. Era a hora de Haris. Dois toques na bola e dois golos - o primeiro a passe de Vinícius, e o segundo com assistência de Pizzi.

Tudo resolvido e ainda 20 minutos para ver Chiquinho atirar à barra e Cervi ter o aplauso da noite - pelas corridas intermináveis - ao sair para o regresso de Rafa. Benfica em frente, nas ‘meias’ encontra P. Ferreira ou Famalicão, que jogam esta quarta-feira.

Análise
Soluções de ponta
Seferovic saltou do banco para resolver com dois golos em dois remates. Completamente decisivo. Carlos Vinícius fez duas assistências e o adversário Taremi também esteve em destaque nos dois tentos vila-condenses, o segundo num gesto à Van Persie.

Zlobin e companhia
O jovem russo tarda em afirmar-se como opção válida para ficar na baliza benfiquista. Reage tarde nos lances dos dois golos, embora Rúben Dias e Ferro constem no rol dos arguidos. Isto de entrar a perder faz lembrar a história do cântaro e da fonte.

Penálti acabou em golo
Chiquinho é tocado na área do Rio Ave antes do 1-2 de Taremi. Parece haver motivos para penálti. Correção do equívoco no lance com Taarabt é boa decisão, com ajuda do VAR. Rúben Dias arriscou o segundo amarelo (61’), Soares Dias mandou jogar.

"O importante foi ganhar o jogo"
"Acho que foi importante ganhar e seguir em frente na Taça de Portugal. Não jogámos tão bem como em outros jogos, mas isso não importa", disse esta terça-feira Seferovic, autor de dois dos três golos do Benfica.

As águias defrontam agora o vencedor do Famalicão-P. Ferreira.

Minuto de silêncio em memória de Paulo Gonçalves
O Benfica-Rio Ave cumpriu esta terça-feira um minuto de silêncio em memória do motard Paulo Gonçalves, que morreu quando disputava uma etapa do Rali Dakar.

O piloto de Esposende tinha sido parceiro do Benfica e mantinha uma águia no seu capacete.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)