Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Selecionador da Tunísia diz que Portugal é candidato a vencer o Mundial2018

Seleções defrontam-se esta segunda-feira num jogo particular de preparação.
27 de Maio de 2018 às 21:52
Nabil Maaloul
Nabil Maaloul
Nabil Maaloul
Nabil Maaloul
Nabil Maaloul
Nabil Maaloul
O selecionador da Tunísia, Nabil Maaloul, disse hoje que Portugal é candidato a vencer o Campeonato do Mundo de futebol de 2018, na Rússia, lembrando que "tem um dos melhores do mundo, Cristiano Ronaldo".

Portugal e Tunísia defrontam-se na segunda-feira, em Braga, num jogo particular de preparação do Mundial2018 em que ambas as seleções vão participar.

"Acredito que Portugal é candidato, atendendo à sua prestação no Europeu (2016). É um forte candidato e não podemos esquecer que tem um dos melhores do mundo, como Cristiano Ronaldo. Acho que será destaque, pois Portugal tem muita qualidade, grandes jogadores, de grande talento, com classificação muito alta na FIFA. É o último campeão da Europa e prevemos um jogo muito difícil, mas estamos prontos", afirmou o treinador tunisino, na conferência de imprensa de antevisão.

Nabil Maaloul disse ainda que a Tunísia tem "muitas semelhanças com Marrocos", adversário de Portugal no Grupo B, e chamou a atenção para o Irão, outra das equipas que vai defrontar a turma de Fernando Santos.

"Penso que Irão será uma das atrações do Mundial. Jogámos com eles e mostraram grande preparação. É um grupo difícil também para Portugal. Não podemos desprezar Marrocos e Irão, têm um futebol muito atlético e Portugal tem um jogo mais técnico, mas tem individualidades que lhe podem dar acesso à próxima fase", disse.

A Tunísia está incluída no Grupo G com Inglaterra, Bélgica e Panamá e, apesar de esperar muitas dificuldades, Nabil Maaloul mostrou otimismo: "Podemos passar aos oitavos e, talvez, aos quartos de final", disse.

Uma das preocupações de Nabil Maaloul prende-se com o Ramadão, período de um mês em que os muçulmanos jejuam do nascer ao pôr do sol (este ano de 16 de maio a 15 de junho).

"Procurámos prevenir e antecipar o risco de hidratação que pode provocar lesões musculares", afirmou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)