Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

“Sempre me dei com o Rui Costa”: Pinto da Costa disponível para manter o diálogo com o Benfica

Presidente portista nunca perdeu o contacto com o homólogo do Benfica, mesmo no período de relações cortadas com Vieira.
João Moniz 14 de Outubro de 2021 às 01:30
Pinto da Costa esteve formalmente, pela primeira vez, com o agora homólogo do Benfica numa cimeira da Liga a 2 de setembro.
Rui Costa disse após a reunião que iria salvaguardar os interesses das águias nos direitos televisivos.
Pinto da Costa esteve formalmente, pela primeira vez, com o agora homólogo do Benfica numa cimeira da Liga a 2 de setembro.
Rui Costa disse após a reunião que iria salvaguardar os interesses das águias nos direitos televisivos.
Pinto da Costa esteve formalmente, pela primeira vez, com o agora homólogo do Benfica numa cimeira da Liga a 2 de setembro.
Rui Costa disse após a reunião que iria salvaguardar os interesses das águias nos direitos televisivos.
Pinto da Costa enviou na quarta-feira um sinal de que está disponível para manter o diálogo com o Benfica agora que o rival tem um novo presidente. “Conheço o Rui Costa há muitos anos. Mesmo nos tempos mais difíceis de relacionamento entre FC Porto e Benfica sempre me dei com o Rui Costa e com o conhecimento do presidente Luís Filipe Vieira, com quem não falei durante muito tempo. Ele sabia e achava bem que nos continuássemos a falar porque nos conhecíamos e nunca tivemos nenhum problema um com o outro”, afirmou na quarta-feira o presidente portista à TSF.

“Se o FC Porto e o Benfica se entenderem é mau. Quando se fez uma tentativa, liderada pelo Luís Filipe Vieira, as televisões caíram em cima dos encontros no Rei dos Leitões e parecia que era um crime os presidentes estarem a entender-se e a falar. O que compreendo, porque quando acabaram as guerras todos ficaram felizes, só os fabricantes de armamento é que não gostaram”, disse Pinto da Costa, garantindo: “Posso falar com Vieira quando quiser. Não tenho nenhum problema e nenhum de nós está inibido de falar com o outro.”

O CM sabe que estas declarações visam incentivar a continuidade do trabalho conjunto iniciado este ano com o Benfica, sob a presidência de Vieira e com um forte incentivo de Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD encarnada. Em causa está uma conjugação de interesses em vários temas, com a centralização dos direitos televisivos à cabeça. Águias e dragões querem salvaguardar que a redistribuição do bolo total da receita não é feita à custa das fatias que cada um recebe.

Bronca com 16,95 milhões de euros da renovação de Otávio
A renovação de Otávio por quatro épocas custou 16,95 milhões de euros ao FC Porto, entre prémio de assinatura e custos de intermediação. Pelo menos é isso que surge no Relatório e Contas 2020/21. Só que o empresário do jogador desmente: "O Otávio não recebeu nem um euro de prémio de assinatura pela renovação." Israel Oliveira garantiu ao ‘Record’ que Otávio vai receber 16 milhões em salários ao longo das quatro épocas de contrato (renovou até 2025) e que o médio ficou incomodado com esta situação.

FC Porto e Benfica Rui Costa Pinto da Costa Luís Filipe Vieira TSF Milan desporto futebol presidente
Ver comentários