Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Sérgio Conceição à espera de reforços

Técnico portista diz que o mercado desestabiliza os atletas e revelou não esperar saídas até ao final deste mês de agosto.
Filipe António Ferreira 27 de Agosto de 2017 às 09:15
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Não sou o único treinador a desejar que o mercado acabe o mais depressa possível. Tudo isto desestabiliza a cabeça dos jogadores e por isso quero que acabe. Não quero que ninguém saia e o FC Porto também não, estamos em sintonia. Entradas? Poderá haver e espero que aconteça alguma", disse ontem Sérgio Conceição na antevisão do jogo de hoje no terreno do Sp. Braga.

Sobre o adversário, o técnico admitiu que a equipa vai enfrentar problemas: "Em termos teóricos, poderá ser o mais difícil, mas também poderá não ser assim no próprio jogo. Depende do jogo, de como abordarmos o jogo."

Sérgio Conceição falou ainda da relação que tem com o treinador da equipa minhota, mas, ainda assim, referiu que dentro de campo isso não terá qualquer relevância. "O Abel foi para Braga na altura em que eu lá estava. Nutro por ele uma grande simpatia. Fez bom trabalho na equipa B e meritoriamente está na equipa principal. Mas este jogo não é o Sérgio contra o Abel ou o Sérgio contra o presidente Salvador. É o FC Porto contra o Sp. Braga", lembrou.

Já o castigo ao árbitro Jorge Sousa (por palavras dirigidas a um jogador do Sporting B em jogo da II Liga) foi desvalorizado por Conceição. "Condeno mais um árbitro que não assinala uma situação flagrante do que aquilo que o Jorge Sousa fez. Nunca tive simpatia extrema por árbitros, como sabem, mas acho que estamos a exagerar. Esta linguagem é normal no futebol", concluiu.
FC Porto Braga Sérgio Conceição B Sp. Braga Abel Salvador Jorge Sousa Sporting B II Liga desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)