Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Sérgio Conceição mantém Marega de fora no jogo frente ao Marítimo

Questionado sobre a ausência do maliano, disse que há jogadores que física e emocionalmente dão mais garantias.
Aureliana Gomes 30 de Outubro de 2019 às 09:04
Marega ficou na bancada no anterior jogo, com o Famalicão
Nuno Manta Santos (Marítimo)
Sérgio Conceição«
Marega ficou na bancada no anterior jogo, com o Famalicão
Nuno Manta Santos (Marítimo)
Sérgio Conceição«
Marega ficou na bancada no anterior jogo, com o Famalicão
Nuno Manta Santos (Marítimo)
Sérgio Conceição«
"Olhamos para os treinos, para o dia a dia e para os diferentes parâmetros e percebemos que, física e emocionalmente, há jogadores que nos dão mais garantias." Foi desta forma que Sérgio Conceição reagiu quando questionado sobre a ausência de Marega na equipa, na conferência de antevisão ao jogo desta quarta-feira com o Marítimo.

O técnico desvalorizou a polémica, ironizando que, no domingo passado (frente ao Famalicão) houve 15 jogadores que ficaram de fora. Marega, que foi um deles, voltou a não ser convocado para o jogo desta quarta-feira, não tendo viajado com a equipa para a Madeira.

Sobre a partida desta quarta-feira no terreno dos insulares, Conceição disse não esperar facilidades e lembrou que, nas duas vezes, enquanto técnico dos dragões, que foi aos Barreiros, venceu, mas não foram jogos fáceis.

"As expectativas são as de continuar no primeiro lugar, sabendo, obviamente, que o Marítimo é uma equipa tradicionalmente difícil no seu estádio. Em jogos contra os grandes, sabemos que os jogadores se transcendem naquilo que é a sua motivação", explicou, recordando que nos dois dias de treino para a partida, a equipa madeirense foi "estudada ao pormenor".

No jogo da jornada oito, frente ao Famalicão - que os dragões ganharam por 3-0 - Sérgio Conceição utilizou uma abordagem diferente. Questionado sobre uma nova aposta na mesma estratégia, não abriu o jogo, salientando, no entanto, que "as bases são as mesmas".

"Os nossos princípios defensivos e ofensivos não mudaram de um dia para o outro. Agora há nuances diferentes naquilo que é a forma como olhamos para o adversário e como ocupamos o espaço com bola e sem bola. No entanto, a base e os princípios estão lá", esclareceu.

Com sete vitórias consecutivas e a liderar a Liga, com 21 pontos - em igualdade com o rival Benfica -, Sérgio Conceição relativiza essa condição. "Claro que é importante estar em primeiro lugar, mas nesta altura isso não acarreta peso nenhum para a equipa. O importante é estarmos em primeiro lugar no mês de maio. Temos sempre pressão de ganhar", lembrou.

Sérgio leva 21 atletas para a Madeira
Sérgio Conceição convocou 21 jogadores para a partida com o Marítimo, às 18h45, no Funchal. A equipa partiu esta terça-feira do Porto às 17h00 e chegou à Madeira às 19h00.

150 jovens na receção à comitiva portista
A comitiva do FC Porto foi recebida em euforia no hotel onde pernoitou na ilha da Madeira por cerca de 150 jovens das escolas de formação Dragon Force.

"Queremos somar pontos na Liga"
"Qualquer altura é boa para se defrontar um adversário como o FC Porto. Estamos motivados, preparamo-nos para o jogo e esperamos dar uma boa resposta. É com atitude e com vontade que queremos continuar a somar pontos nesta Liga. De preferência, conquistar os três pontos nesta quarta-feira", disse esta terça-feira Nuno Manta Santos, treinador do Marítimo, na antevisão do jogo desta quarta-feira com o FC Porto.

Esta foi a primeira conferência de imprensa de antevisão do técnico dos insulares desde a 5ª jornada, altura em que a equipa perdeu por 3-1 com o Belenenses (15 de setembro). Desde então, o Marítimo apenas ganhou um jogo (frente ao Moreirense, em casa, por 2-1).

Para esta tarde, Manta Santos garante estar à espera de um jogo muito difícil. "Sabemos que o adversário nos vai colocar muitas dificuldades. Tem muitos valores, com uma equipa técnica que conhece muito bem o nosso campeonato e o Marítimo. Nós temos também de conhecer bem o FC Porto, saber onde podemos explorar os pontos menos bons do adversário para conseguir ficar com pontos na Madeira." Para isso, garante o treinador, os jogadores do Marítimo terão de ser "solidários e competentes ao longo de todo o jogo".

O técnico garante estar preparado para eventuais surpresas a apresentar por Sérgio Conceição. "O Marítimo preparou-se para a organização e as várias estratégias que o FC Porto poderá apresentar", disse.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)