Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Sérgio Conceição: "Não saíram as palavras que queria"

Técnico portista mantém a afirmação “estou-me a cagar”, mas diz que escolheu mal as palavras.
Paulo Jorge Duarte 3 de Novembro de 2019 às 10:04
Sérgio Conceição garante que nunca pediu a jogadores, durante a sua carreira como treinador, para fazerem antijogo
Alex Telles deverá regressar este domingo ao onze titular do FC Porto
Sérgio Conceição garante que nunca pediu a jogadores, durante a sua carreira como treinador, para fazerem antijogo
Alex Telles deverá regressar este domingo ao onze titular do FC Porto
Sérgio Conceição garante que nunca pediu a jogadores, durante a sua carreira como treinador, para fazerem antijogo
Alex Telles deverá regressar este domingo ao onze titular do FC Porto
"O que aconteceu já foi falado por nós. Muito sinceramente, o meu sentimento é exatamente o mesmo. Não saíram as palavras que eu queria, mas eu sinto exatamente o mesmo que senti na altura." A afirmação é de Sérgio Conceição, este sábado, na antevisão ao jogo com o Desp. Aves, quando questionado sobre a expressão "estou-me a cagar", usada no final da partida, na Madeira, frente ao Marítimo (1-1).

O treinador dos dragões quis, desta forma, mostrar indiferença pelas críticas dos adeptos nas redes sociais. Sérgio Conceição não se desculpou, mas deixou um reconhecimento.

"Antes de ser treinador já era adepto do FC Porto. Os adeptos são essenciais para o clube e são eles que fazem a grandeza deste clube. No estádio sou muito acarinhado por eles", afirmou o treinador. Sobre um eventual ‘puxão de orelhas’ feito pela SAD portista, o técnico foi lacónico. "Não falo mais sobre este assunto", afirmou.

Agulhas viradas para o jogo. "O onze será o melhor para ganhar ao Desp. Aves. Todos os jogos são importantes e estamos sempre pressionados para ganhar", garantiu Conceição.

Sobre a possibilidade de bater o recorde de vitórias no FC Porto, detido por José Mourinho (91), o treinador desvaloriza: "Esses recordes e essas coisas dizem-me pouco. O importante é nós ganharmos ao Desp. Aves. O adversário trocou de treinador, apresentou um modelo diferente e temos de estar atentos", acrescentou.

O tempo útil de jogo e o antijogo dos adversários têm sido criticados por Sérgio Conceição. Questionado sobre as estratégias usadas quando treinava clubes tidos como menores para parar equipas mais fortes, foi pragmático. "Que venha o primeiro jogador dizer que lhe pedi para dar porrada ou fazer antijogo", assegurou Sérgio Conceição.

"Alex Telles? Quem estiver melhor joga"
Alex Telles deve regressar à titularidade depois de ter ficado fora do onze nos dois últimos jogos. Ainda assim, o técnico colocou algumas reticências. "Está entre os 22 convocados. Quem estiver e eu achar que deve jogar, joga."

"Falo de arbitragem quando acho que devo"
"Falo de arbitragem quando achar que devo falar. Coincidiu com o último jogo ", disse Conceição, que em 2018/19 recusou falar sobre o tema.

"Calendário não é apropriado"
"O Benfica vai jogar a 2.ª vez em casa... o calendário não é o apropriado", disse o técnico lembrando que o Desp. Aves não "jogou a meio da semana".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)