Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Sonho realizado após pesadelo em Bruxelas

Jogadores que sobreviveram a atentado vão jogar em clube italiano.
Tiago Griff 2 de Setembro de 2016 às 08:40
Atentado em Bruxelas ocorreu em março e obrigou ao reforço de segurança
Atentado em Bruxelas ocorreu em março e obrigou ao reforço de segurança FOTO: Direitos Reservados
Os dois jovens futebolistas do Portimonense que em março deste ano escaparam aos atentados terroristas de Bruxelas quando faziam escala no aeroporto belga para irem fazer treinos de captação no Venezia, vão agora ser transferidos para o clube italiano.

Segundo o CM apurou junto de fonte próxima dos jogadores, a transferência do defesa Francisco Pacheco, de 16 anos, e do avançado Alexandre Pimenta, de 17, está praticamente garantida e os atletas formados em Portimão deverão viajar para Itália já na próxima semana. Vão jogar, para já, nos sub-19 do Venezia, cuja equipa principal é treinada pelo histórico avançado italiano Pippo Inzaghi e atua na ‘Lega Pro’ (antiga Série C).

Os dois jogadores estavam a fazer escala no aeroporto de Bruxelas para seguirem para um treino de captação em Itália, quando foram surpreendidos pelo "estrondo" de uma explosão. Alexandre Pimenta e Francisco Pacheco escaparam ao atentado depois de terem feito o check-in antecipado às 05h00.

"Estava a dormir quando ouvi um estrondo. Depois comecei a ver pessoas a chorar e a correr", recordou ao CM, na altura, Alexandre Pimenta, que já passou pelas camadas jovens do Sporting. Alexandre e Francisco já estavam na zona de embarque para entrarem no avião para Veneza quando tudo ocorreu.

Apesar do pesadelo vivido na altura, os jovens algarvios conseguiram agora concretizar o sonho de jogar num clube estrangeiro que lhes pode abrir portas no futuro.
Portimonense Bruxelas Alexandre Pimenta Francisco Pacheco futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)