Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Sorteio suave na fase de grupos da Liga dos Campeões dá esperança ao Benfica

Zenit São Petersburgo (Rússia), Lyon (França) e Leipzig (Alemanha) no caminho dos encarnados.
Mário Pereira 30 de Agosto de 2019 às 08:39
O sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões decorreu no Mónaco, teve apresentação do português Pedro Pinto e participação dos ex-jogadores Hamit Altintop, Wesley Sneijder e Petr Cech
Cristiano Ronaldo e João Félix já se defrontaram este ano
O sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões decorreu no Mónaco, teve apresentação do português Pedro Pinto e participação dos ex-jogadores Hamit Altintop, Wesley Sneijder e Petr Cech
Cristiano Ronaldo e João Félix já se defrontaram este ano
O sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões decorreu no Mónaco, teve apresentação do português Pedro Pinto e participação dos ex-jogadores Hamit Altintop, Wesley Sneijder e Petr Cech
Cristiano Ronaldo e João Félix já se defrontaram este ano
Zenit São Petersburgo (Rússia), Lyon (França) e Leipzig (Alemanha). São estes os adversários do Benfica no Grupo G da Liga dos Campeões, conforme ditou o sorteio realizado esta quinta-feira no Mónaco.

No plano teórico, este foi um sorteio suave para os campeões nacionais. O Benfica, que fazia parte do Pote 2, sabia que teria de enfrentar um adversário do Pote 1, ou seja, aquele onde estavam os chamados ‘tubarões’ do futebol europeu. No naipe havia uma equipa mais desejada: o Zenit.

Foi precisamente a que calhou em sorte aos encarnados. Há sempre o incómodo da longa deslocação à Rússia, mas fora do caminho ficaram, por agora, equipas como o Liverpool, Barcelona, Manchester City, Juventus ou Bayern.

Na equilibrada Liga russa, que vai na sétima jornada, o Zenit ocupa o quinto lugar, mas com os mesmos 14 pontos do líder Krasnodar.

Do grupo do Benfica fazem ainda parte o Lyon (França), em que atua o guarda-redes internacional português Anthony Lopes, e o Leipzig (Alemanha). Tendo em conta o valor relativo de cada uma das equipas, este é um dos grupos mais equilibrados desta fase da competição. Não se pode dizer que haja favoritos. Todos são candidatos ao apuramento para os oitavos de final da Champions com idênticas percentagens. O Benfica tem, contudo, boas hipóteses de seguir em frente.

No histórico de embates, em provas europeias, o Benfica e o Zenit já se defrontaram por seis vezes, com três vitórias para cada lado. Com o Lyon, os encarnados têm uma vitória (4-3) e uma derrota (0-2), na Champions de 2010. Com o Leipzig o Benfica nunca se cruzou.

Félix e Ronaldo frente a frente
A Juventus, de Cristiano Ronaldo, e o Atl. Madrid, de João Félix, medem forças no Grupo D da Liga dos Campeões, juntamente com o Lokomotiv Moscovo, de Eder e João Mário, e o Bayer Leverkusen. "O Atlético tem uma excelente equipa e um bom treinador", afirmou Ronaldo.

CR7 e Félix voltam a encontrar-se, depois de os colchoneros terem levado a melhor (2-1) na pré-época, num particular (Félix marcou um golo). Ainda assim, os espanhóis não guardam boas memórias dos italianos. Os madrilenos foram afastados pela ‘Vecchia Signora’, nos ‘oitavos’ da última edição da Champions. Depois de uma derrota fora (2-0), a Juventus venceu em casa (3-0) com um hat-trick de Ronaldo.

44 milhões já garantidos
O Benfica já garantiu 44,06 milhões de euros antes de começar a jogar a fase de grupos da Liga dos Campeões. Eis a tabela de prémios referentes a esta edição da competição.

Cádiz perto de ser cedido ao Dijon
Jhonder Cádiz está perto de rumar por empréstimo ao Dijon. O clube francês está bem colocado para receber o avançado do Benfica, de 24 anos, que pode ser cedido até final da época. Além do Dijon, o jogador tem mercado em Espanha e na Turquia.

São Paulo quer parte do passe de Morato
O Benfica ainda não desistiu de Morato, mas o São Paulo tem-se mostrado intransigente. Segundo o ‘Globoesporte’, o clube brasileiro quer manter 20 por cento do passe do central. As águias oferecem 7 milhões de euros por 85 por cento do passe.
Ver comentários