Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Sporting homenageia adepto falecido

Dário Pestana, membro da Torcida Verde, morreu aos 27 anos.
Tânia Pires 14 de Agosto de 2016 às 12:50
William Carvalho olha para a imagem do adepto no fim do jogo
William Carvalho abraçado ao seu amigo e do adepto falecido. Deu-lhe a t-shirt do jogo para a família
Bruno de Carvalho abraça a família de Dário Pestana e entrega flores à mãe, Marlene Diniz
Bruno de Carvalho abraçado à família
Bruno de Carvalho oferece coroa de flores à família do adepto
Adeptos do Sporting
William Carvalho olha para a imagem do adepto no fim do jogo
William Carvalho abraçado ao seu amigo e do adepto falecido. Deu-lhe a t-shirt do jogo para a família
Bruno de Carvalho abraça a família de Dário Pestana e entrega flores à mãe, Marlene Diniz
Bruno de Carvalho abraçado à família
Bruno de Carvalho oferece coroa de flores à família do adepto
Adeptos do Sporting
William Carvalho olha para a imagem do adepto no fim do jogo
William Carvalho abraçado ao seu amigo e do adepto falecido. Deu-lhe a t-shirt do jogo para a família
Bruno de Carvalho abraça a família de Dário Pestana e entrega flores à mãe, Marlene Diniz
Bruno de Carvalho abraçado à família
Bruno de Carvalho oferece coroa de flores à família do adepto
Adeptos do Sporting

A época do Sporting arrancou este sábado com uma vitória por 2-0 frente ao Marítimo. Este jogo ficou marcado pelo triunfo dos ‘leões’ mas também pelas diversas homenagens a Dário Pestana, um jovem adepto falecido esta semana.


No início do jogo foi cumprido um minuto de silêncio em honra do jovem que morreu na segunda-feira, aos 27 anos.
Mário Moniz Pereira, que faleceu no dia 31 de julho, e as vítimas dos incêndios na Madeira também foram lembrados.


A claque Torcida Verde ergueu faixas com a cara do jovem que fez parte daquele grupo durante vários anos. Nas tarjas lia-se a frase: "Partiste mas não te deixaremos morrer". Dário faleceu dia 8 de agosto após quase dois meses em coma induzido sem diagnóstico no Hospital Amadora-Sintra onde esperou dez dias para fazer uma ressonância magnética.

Já no jogo frente ao Lyon, quando o jovem estava ainda hospitalizado, em coma induzido, a claque deixou a mensagem de apoio: "Nesta guerra que é a vida, a coragem é a arma do Guerreiro. Força Dário".

No intervalo, o Sporting já ganhava 1-0, Bruno de Carvalho entregou uma coroa de flores à família do adepto. Dário Pestana foi também o jovem que em 2011 caiu no fosso de Alvalade quando Diego Capel atirou uma t-shirt para as bancadas.

No final do jogo, chegou a última homenagem. O campeão europeu William Carvalho foi até à claque e apontou para a imagem de Dário Pestana. Foi junto do melhor amigo do adepto e entregou-lhe a t-shirt do jogo.


Ver comentários