Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Sporting nos ‘oitavos’ da Liga dos Campeões com Pote a brilhar no jogo

Leões ganharam com uma vantagem de dois golos e já estão na fase seguinte da Champions, feito só uma vez obtido em 2008/09.
Mário Figueiredo e Filipe António Ferreira 25 de Novembro de 2021 às 08:34
Rúben Amorim elogiou os 
jogadores e o ambiente em Alvalade
Pote foi o homem do jogo
Rúben Amorim elogiou os 
jogadores e o ambiente em Alvalade
Pote foi o homem do jogo
Rúben Amorim elogiou os 
jogadores e o ambiente em Alvalade
Pote foi o homem do jogo
O Sporting viveu esta quarta-feira uma noite de glória com um triunfo incontestável sobre o Borussia Dortmund, por 3-1, com um bis de Pote e um golo de Porro a carimbarem o passaporte leonino para os ‘oitavos’ da Liga dos Campeões. Um feito que os leões só tinham cumprido um vez (2008/09).

Rúben Amorim não mexeu na equipa. E deu-se bem. Viu Coates recuperar e liderar as tropas num jogo que se afigurava difícil, mas que acabou por ser mais fácil do que se pensava.

Os leões entraram bem e, ainda decorria o primeiro minuto, já a equipa se revelava concentrada, a pressionar alto e a visar a baliza alemã. O Dortmund não gostou. E subiu. Reus e Schulz ainda criaram situações de perigo, mas Adán defendeu.

Sem nunca perder a compostura, os leões chegaram ao golo por Pote. Coates fez um grande passe, de área a área, com o extremo leonino a dominar e rematar para a primeira explosão de alegria em Alvalade. A vantagem trouxe confiança e a equipa acabou por chegar ao segundo golo pelo inevitável... Pote, desta feita com um remate à entrada da área.

Os alemães voltaram à carga e Malen viu Gonçalo Inácio negar-lhe o golo em cima da linha.

Após o intervalo, os leões mantiveram a pressão. Sarabia falhou um golo fácil e Paulinho acabou rasteirado na área por Zagadou. Pote permitiu a defesa de Kobel, mas Porro, na recarga, fez o 3-0. O Dortmund ainda reduziu nos descontos por Malen, mas a festa foi em tons de verde e branco.

"‘Oitavos’ têm de ser o habitual"

“Os homens do momento são os que estiveram em campo e na bancada, num ambiente incrível. O Pote fez os golos, mas outros fizeram um grande jogo. Deram tudo o que tinham. Não se pode reduzir esta equipa a uma pessoa”, disse Rúben Amorim no final . O técnico admitiu que a equipa cresceu muito após a derrota na Alemanha. “Isto é um pequeno passo para a ideia geral do clube. Não muda assim tanto. É ótimo, é bom para o projeto, mas é apenas um pequeno passo. Passámos aos ‘oitavos’, não é normal no Sporting, mas tem de ser habitual. Mas para isso, para sermos ‘habitués’ aqui, ainda falta muito”, disse o técnico, que travou a euforia: “Jogo a jogo.”

positivo e negativo
 + Bis de Pote
Pote viveu uma noite de glória no triunfo de Alvalade sobre o Dortmund. Marcou dois golos e nem mesmo o penálti falhado belisca a exibição. É o 3º goleador da história dos leões na Champions a par de Bruno César (4). Liedson tem 6 e Nani soma 5.

- Agressão de Emre Can
O médio do Borussia Dortmund entrou após o intervalo e acabou expulso devido a uma agressão (cotovelada) a Porro. Revelou mau perder e comprometeu o desempenho da sua equipa. Tem responsabilidades diretas no desaire.

Arbitragem segura

O árbitro espanhol teve uma exibição segura. Bem auxiliado pelo VAR no lance do penálti do Sporting, pois há falta clara sobre Paulinho. Boa decisão ao mandar jogar no lance em que Matheus Nunes caiu na área e pediu grande penalidade.

Leões somam 12,4 M € para total de 45 M €
O Sporting recebeu esta quarta-feira 12,4 milhões de euros: 2,8 M € pela vitória e 9,6 M € pela passagem aos oitavos de final. A Champions já rendeu 45 M € aos leões, mais do que FC Porto (44,17 M €) e Benfica (41,9 M €).

momentos do jogo
30’
Coates faz um passe de área a área para Pote, que recebe a bola, beneficia de uma má abordagem do defesa e remata para o fundo da baliza, colocando os leões em vantagem.
39’
Matheus Reis vai à linha e cruza para Sarabia, que vê um defesa chegar à bola primeiro. O esférico sobra para Pote que, à entrada da grande área, remata forte e colocado para o 2-0.
81’
Pote permite a defesa de Kobel na grande penalidade, mas Porro aproveita a recarga para fazer o 3-0 com um cabeceamento certeiro para desespero da defesa germânica.

“O 3.º golo não está a sair”
“É um sonho para mim marcar um hat trick, mas infelizmente já estou habituado a muitos bis. Parece que às vezes o 3º golo não está a sair, mas fico contente pela vitória e espero poder continuar ainda mais”, disse Pedro Gonçalves, o homem do jogo.

parte da relva substituída
Uma parte da relva junto à baliza do topo sul do Estádio José Alvalade foi totalmente substituída. Essa zona apresentou muitos problemas no último jogo do Sporting no seu estádio. n

holandeses imparáveis
O Ajax foi a Istambul vencer por 2-1, mantendo o pleno de cinco jogos e cinco vitórias. A equipa da casa ainda esteve a vencer, mas os holandeses deram a volta no segundo tempo.

pedro e coates dão mais milhões
Palavras para quê. Três jogos na Champions, quatro golos. Teve a chance do terceiro, mas falhou o penálti. Ainda assim, fantástico. Um verdadeiro pote de ouro que garante milhões.
Adán – Três defesas atentas e uma saída complicada.
Gonçalo Inácio – Sempre de uma enorme competência. Corte fantástico em cima do intervalo.
Coates – Não marcou, mas fez o passe que acabou por resultar no 1-0. De resto, exibição irrepreensível.
Feddal – Noite positiva que ainda teve um susto aos 40’, quando foi ultrapassado por Malen.
Porro – Cumpriu a defender. No sítio certo para o 3-0.
João Palhinha – Trabalho intenso, numa zona fundamental do terreno.
Matheus Nunes – Algumas perdas de bola que não mancham a exibição do internacional português.
Matheus Reis – Pouco a pouco, continua a ganhar o seu espaço. Muito competente a defender.
Sarabia – Um remate intercetado que levava selo de golo. Importante no lance do 2-0. Teve nos pés o 3-0 mas Kobel defendeu. Importante.
Paulinho – Muito trabalho na frente de ataque, mas pouca bola. Ganhou o penálti.
Nuno Santos – Cumpriu sem se destacar.
Esgaio – Deu espaço para Brandt cruzar no 3-1.
Tiago Tomás – Mexido.
Nazinho – Estreia.
Ugarte – Para refrescar.
Ver comentários