Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Treinador do Botafogo: "Jesus devia ter ficado calado"

Técnico do Flamengo acusou Botafogo de abusar das faltas.
João Moniz 9 de Novembro de 2019 às 07:34
Jorge Jesus vai cumprir um jogo de castigo no próximo encontro do Brasileirão
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus vai cumprir um jogo de castigo no próximo encontro do Brasileirão
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus vai cumprir um jogo de castigo no próximo encontro do Brasileirão
Jorge Jesus
Jorge Jesus
"Jesus falou uma grande bobagem [disparate], devia ter ficado calado. A nossa equipa quis jogar." Foi desta forma que Alberto Valentim, treinador do Botafogo, reagiu às acusações de Jorge Jesus, após a vitória (1-0) do Flamengo no dérbi do Rio de Janeiro, que permitiu ao ‘Mengão’ manter os 8 pontos de vantagem para o Palmeiras na liderança do Brasileirão.

O técnico do ‘Fla’ acusou o adversário de abusar das faltas: "Nos primeiros 20 minutos, o nosso médico entrou cinco vezes. Foi caça ao jogador."  

No fim do jogo, Jesus contou o que disse a Joel Carli, defesa do Botafogo que, após o apito final do árbitro e ainda no relvado, perdeu a cabeça e abordou o técnico português: "Disse-lhe ‘não valeu a pena baterem tanto, perderam à mesma’."

O português, que é o treinador mais bem pago do Brasileirão, com um salário de 329 mil euros/mês, viu o terceiro amarelo da época e este domingo (21h00) cumpre um jogo de castigo contra o Bahia.
Rio de Janeiro Botafogo Jorge Jesus Alberto Valentim Mengão Flamengo Flamengo Fla desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)